Out of Sight (敲敲) Fora da Vista | Curtas

Anúncios

Pensar o Planeta é urgente! | Diz Não ao Plástico!

Já usaste hoje plástico? Provavelmente sim, porque o mundo em que vivemos é um mar de plástico!

Sabias que existe uma ilha de plástico no Pacífico Norte – Grande Mancha de Lixo do Pacífico em que não se pode caminhar: é toda feita de plástico flutuante –  e cuja extensão é 17 vezes o tamanho de Portugal?
Os cientistas estimam agora que é maior do que se pensava, tendo cerca de 1,6 milhões de quilómetros quadrados. Ela cresce a todo o momento e exponencialmente.

E qual é a sua composição?

–  46% do total de lixo são redes de pesca abandonadas ou perdidas

– 20% do lixo são detritos arrastados pelo tsunami do Japão em 2011

– 94% dos biliões de pedaços de plástico têm menos de 0,5 centímetros

– O peso total a “mancha” de plástico pesa 79 mil toneladas – um peso equivalente ao aço da Ponte 25 de Abril

– Um grupo de estudos patrocinado pelo governo britânico recolheu várias amostras de objetos na “ilha” ainda com etiquetas: um terço dizia “made in China” e outro terço foi fabricado no Japão. No total, havia plásticos de 12 países

– Calcula-se que, por ano, em todo o mundo, cem mil animais (sobretudo mamíferos, como tartarugas, focas e baleias) morram estranguladas em redes de pesca abandonadas.

O AE Coimbra Sul recebeu no dia 22 de maio a bióloga Isabel Nabais, em representação do Oceanário de Lisboa, numa parceria entre o Oceanário de Lisboa, a Fundação Oceano Azul e a Rede de Bibliotecas Escolares para 3 workshops sobre Plasticologia Marinha. Ao longo de 90 minutos, os alunos viram imagens, refletiram, conversaram e passaram à ação pois o plástico aparece de muitas formas e, por vezes, “disfarçado” de outros materiais e, no entanto, é mesmo PLÁSTICO.

Esta ação foi mais um contributo decisivo para a formação de jovens conscientes e responsáveis, tornando-os agentes de mudança. Foi igualmente uma forma de sensibilizar para a necessidade urgente de mudar a forma como utilizamos o plástico, agindo de forma a garantir um futuro sustentável e em equilíbrio com a natureza, através da alteração de comportamentos.

Amanhã, dia 13 de junho,  a Dr.ª Isabel Nabais estará novamente na EB 2,3 de Ceira para passar um novo inquérito (o primeiro foi no dia 22 de maio) e verificar se a mudança de atitudes é já uma realidade – porque é todos os dias que a mudança acontece!

Entretanto não te esqueças de ir à biblioteca escolar para folheares as publicações periódicas National Geographic e a Visão Junior deste mês e fala deste assunto com os teus amigos e família! Proteger o Planeta é nossa missão!

 

“Uma biblioteca é uma casa onde cabe toda a gente” | Leitura | Flash Mob | BE | EB Quinta das Flores

Hoje, no intervalo da manhã, no salão da EB Quinta das Flores, os alunos foram surpreendidos por um flash mob dançado pelas alunas do 4.º A, ao som da música “Havana” de Camila Cabello, após a leitura  do livro “Uma biblioteca é uma casa onde cabe toda a gente” de Mafalda Milhões, por uma aluna do 4.º A.

Biblioteca

Esta atividade foi planeada e ensaiada pela equipa da biblioteca escolar e foi um momento inesperado e inspirador, tendo terminado com todos os alunos a participar, dançando ao som da música.

image3 (2)

Foi um momento em que a leitura proporciou uma dança de alegria e partilha entre todos!

Obrigada, por nos ouvirem e por estarem connosco!

image4 (1)

 

 

 

 

10 de junho de 2018 | Final do Concurso Nacional de Leitura é em Pombal no Dia de Portugal

Mais de 200 alunos de escolas de todo o país vão participar, no dia 10 de junho, na final do Concurso Nacional de Leitura, durante a qual serão desafiados a prestar uma prova de leitura e de argumentação. O AE Coimbra Sul estará em Pombal com a representante do 2.º Ciclo do distrito de Coimbra! 

A ter lugar no Teatro-Cine de Pombal, a final do concurso – que este ano acontece no Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas – consistirá numa prova em que os 20 finalistas de cada ciclo fazem a “defesa” de um livro, escolhido por eles, e são avaliados pela expressividade da leitura e pela capacidade de argumentação, segundo informação do Plano Nacional de Leitura (PNL), responsável pela iniciativa.

 No final, são atribuídos três prémios e duas menções honrosas a cada um dos ciclos de ensino (1.º, 2.º e 3.º ciclos e secundário).

De acordo com a informação disponível na página oficial do PNL, este ano registaram-se, para participar na iniciativa, cerca de 5.000 alunos provenientes de mil escolas portuguesas, situadas em Portugal continental e ilhas, mas também noutros países, como Cabo Verde, Angola, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

Centenas de professores, de professores bibliotecários, mediadores de leitura e as próprias famílias participam e animam este concurso de leitura e escrita.

Esta é a 12.ª edição do Concurso Nacional de Leitura (CNL), uma iniciativa do Plano Nacional de Leitura 2027, em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares, a Direção Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas, o Instituto Camões, a Direção de Serviços de Ensino e Escolas Portuguesas no Estrangeiro.

in http://blogue.rbe.mec.pt/

Do dia 3 de junho de 2018 | Espetáculo

Hoje, no rescaldo da festa, parece-me que se impõe uma reflexão sobre o acontecimento. Ser juiz em causa própria não abona a favor da imparcialidade, mas declaro-me já completamente parcial no que respeita a este assunto. Parcial, apenas porque o meu envolvimento nesta causa maior é bem pequeno. Trata-se de uma causa que envolve inúmeros elementos desta escola, entre alunos, professores, funcionários e famílias – todos com nomes. Mas congrega, no fundo, os valores pelos quais o ensino e os professores, como agentes em particular, se norteiam. Como disse a diretora do nosso agrupamento, já praticamos a flexibilização sem que ela precise de ser imposta. O que aconteceu, ontem, no Conservatório, foi trabalho em equipa, foi interdisciplinaridade. E tudo feito com cabeça, alma e coração! Em tempo letivo, mas muito – muito! – em tempo “roubado” ao tempo do descanso, da família, do lazer. Feito por quem veste a camisola desta escola. Feito para despertar e aguçar os sentidos daqueles jovens músicos, escritores e pintores, e dos outros que os acompanharam, assistindo ao espetáculo, “todos num só coração”. Consideramos, nós, as professoras dinamizadoras destes três clubes, que as aprendizagens que aqueles jovens levam deste processo os tornarão mais capazes noutras áreas, ajudando-os, mais tarde, a serem excelentes profissionais. Mas – e acredito que este seja um sentimento comum a todos -, aquilo que desejamos mesmo é que estes jovens sejam pessoas de excelência! Gratidão eterna para o que os miúdos – serão sempre “os nossos miúdos” – nos deram ontem. O nosso trabalho foi por e para vocês. Um abraço a todos do tamanho de um palco que foi pequeno para tanta emoção!

Professora Ana Paula Campos

6 de junho de 2018 | Dia da Alice! | PLNM | Celebrar o nosso país!

Hoje, Dia da Alice, damos a conhecer alguns países de origem dos nosso alunos que frequentam a disciplina de Português Língua Não Materna. Este trabalho foi o resultado da parceria estabelecida entre esta disciplina e a Biblioteca Escolar e espelha a diversidade do nosso património cultural que contribui de forma decisiva para pensarmos de outra(s) maneira(s), com outra(s) língua(s) e sempre com a certeza de que conhecer o mundo é ler o mundo e lermo-nos também na interculturalidade e e harmonia!

Made with Padlet

5 de junho de 2018 | Concurso Nacional de Leitura | 2.º Ciclo

No dia 5, pelas 14:30, decorreu uma das etapas da final do Concurso Nacional de Leitura com uma prova on-line, realizada pela nossa vencedora do 2.ºCiclo da fase Intermunicipal. No próximo dia 10 de junho estaremos em Pombal para a 2.ª etapa desta aventura com leituras que nos fazem pensar melhor e ler melhor o mundo, lendo-nos também!

%d bloggers like this: