Festas Felizes!

 

A Biblioteca Escolar deseja a todos os seus utilizadores e visitantes Boas Festas e boas leituras ao quentinho de uma lareira!

Natal, e não Dezembro
Entremos, apressados, friorentos,
numa gruta, no bojo de um navio,
num presépio, num prédio, num presídio,
no prédio que amanhã for demolido…

Entremos, inseguros, mas entremos.
Entremos, e depressa, em qualquer sítio,
porque esta noite chama-se Dezembro,
porque sofremos, porque temos frio.

Entremos, dois a dois: somos duzentos,
duzentos mil, doze milhões de nada.
Procuremos o rastro de uma casa,
a cave, a gruta, o sulco de uma nave…

Entremos, despojados, mas entremos.
Das mãos dadas talvez nasça o fogo nasça,
talvez seja Natal e não Dezembro,
talvez universal a consoada.
 
                                
                                    David Mourão-Ferreira

 

 

 

 

 

EXPOSIÇÃO DE PRESÉPIOS NA BIBLIOTECA

Imagens de presépios presentes na exposição e realizados no âmbito da disciplina de Educação Moral e Religião Católica

 

Trabalho realizado por Inês Fontes e Raquel Marinho, 6ºC

 

 

 

15 de Dezembro|Encontro com o Escritor João Manuel Ribeiro

 

IMAGENS DO ENCONTRO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Exposição RBC | Dois rostos do Humanismo em Coimbra: Sá de Miranda e Pedro Nunes

A Exposição “Dois rostos do Humanismo em Coimbra: Sá de Miranda e Pedro Nunes” esteve patente no Átrio da Biblioteca Escolar da escola sede, de 4 a 12 de Dezembro; foi disponibilizada pela Biblioteca Municipal de Coimbra, no âmbito das actividades da Rede de Bibliotecas Escolares de Coimbra.

10 de DEZEMBRO | Declaração Universal dos Direitos Humanos

Artigo 1.º

Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade. (in DUDH)

Comemora-se hoje o Dia dos Direitos Humanos. Esta efeméride foi  institucionalizada internacionalmente em 1950, ano em que a Assembleia Geral das Nações Unidas convidou todos os Estados e organizações interessados, a celebrar , a 10 de Dezembro – data da aprovação, pela Assembleia Geral, da Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH), em 1948.

Clica DUDH e acede ao documento. Consulta o blogue “Comemorando” onde são indicados uma série de links para páginas sobre este assunto.

Assinalando esta data, foi elaborado um Mobile  com palavras e símbolos relativos à DUDH pelos alunos do 2º Ciclo,  no âmbito da disciplina de EMRC.

Vamos viver o Natal | Concurso Postal de Natal 2009

O Concurso Postal de Natal 2009 – Vamos viver o Natal, organizado pela BMC/SABE, começou no dia 10 de Novembro e envolveu muitas escolas da Rede de Bibliotecas Escolares de Coimbra.

No 25 de Novembro, o júri  do Grupo de Trabalho Concelhio seleccionou um total de 15 trabalhos de vários ciclos de ensino, nesta primeira fase. 

A Biblioteca agradece a participação, a imaginação, a criatividade e o entusiasmo dos alunos dos Jardins de Infância, 1º, 2º e 3º Ciclos do nosso Agrupamento de Escolas.  Agradece igualmente todo o empenho e colaboração dos professores e educadores de infância.

Foram seleccionados dois postais da escola sede para esta fase. Parabéns ao Tiago (6ºB) e à Carolina (6ºE)!

Vamos conhecer os dois postais?

Bom Natal!

 

UM CONTO DE NATAL QUE CONSERTA O MUNDO

João Manuel Ribeiro | Conhecer o escritor!

João Manuel Ribeiro

 Nasceu em Oliveira de Azeméis, em 1968.
É licenciado em Teologia.
Mestre em Teologia Sistemática pela Faculdade de Teologia do Porto, da Universidade Católica Portuguesa, com uma tese sobre “Um Itinerário da Modernidade em Portugal – A Evolução Espiritual de Antero de Quental”.

Mestre em Supervisão Pedagógica e Formação de Formadores na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, com dissertação sobre “A Poesia no 1.º Ciclo do Ensino Básico – Das Orientações Curriculares às Decisões Docentes”.

Nesta mesma Faculdade prepara tese de doutoramento em Ciências da Educação sobre “A Poesia na Escola – Organização do Ensino e Compreensão da Literariedade”.

Recentemente tem-se dedicado à escrita para crianças, acompanhando tal processo com um trabalho de dinamização da literatura em Escolas Básicas do 1.º Ciclo e colégios, quer através de oficinas de escrita criativa, quer através de encontros onde diz poesia.

Para crianças publicou: Estrela e Príncipe da Paz (2005), O Encanta Pardais Voador (2006), O Natal do Ratinho Daniel e outros versos (2006), Rondel de Rimas para Meninos e Meninas (2008), A Menina das Rosas (2008), (Im)Provérbios (2008), Poemas da Bicharada (2008), Um, dois, três – Um mês de cada vez (2008), Poemas para Brincalhar (2009) e Alfabeto de Adivinhas (2009), Pontos sem nó (2009), Gémeos (2009), A Casa Grande (2009), Romanceiro de Natal (2009, com Vergílio Alberto Vieira).

 Publicou ainda os seguintes livros de poesia: Regras do mel e da flor (2002), Amores quase perfeitos e outras arritmias (2002), Livro de Explicações (2003), a circulação precoce dos relâmpagos (2007), O Anjo acocorado (2009), Trajectória inconsútil do desejo (2009).

%d bloggers like this: