O Novo Acordo Ortográfico. Saber.

É muito importante escrever português corretamente. Nesta frase não há qualquer gralha, pois será assim que, no ano letivo que agora começa, deves escrever a palavra “corretamente” – sem a letra “c” a anteceder a letra “t”. Porquê alterar o que existe? O novo acordo ortográfico privilegia a fonética, ou seja, a forma como as palavras se pronunciam, aproximando por isso a língua escrita da língua falada. É por isso que desaparecem as consoantes que não se leem (habitualmente designadas consoantes mudas), como neste exemplo.

A nova ortografia, que é suposto ser implementada nos países de língua oficial portuguesa (Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste), simplifica ainda as regras do uso do hífen e elimina alguns acentos.

Não é a primeira vez que, em Portugal, se revê o modo como se redige o Português. Ao longo do século XX, houve várias reformas ortográficas. Em 1911, por exemplo, suprimiu-se o uso do “y” e as consoantes duplas como o “ph”, o “ll” ou o “th” e, por isso, os nossos antepassados deixaram de escrever “orthographia”, “diccionario” e “physica”. Depois, em 1945, caiu o trema na variante portuguesa e, em 1973, os advérbios de modo deixaram de ser acentuados.

Aprovado em 2008, o novo acordo ortográfico prevê um período de transição de seis anos. Desde o ano passado que, na VISÃO, a revista-mãe da Júnior, os jornalistas respeitam as novas regras que alteram 1,6% das palavras da variante luso-africana e 0,5% das palavras da variante brasileira.

A forma como os portugueses e os brasileiros escrevem deixa, assim, de ser tão diferente. Não há, no entanto, qualquer alteração no que diz respeito à pronúncia bem como ao léxico utilizado nos dois lados do Atlântico. Tu continuarás a brincar ao berlinde e com um papagaio de papel e os meninos brasileiros (melhor, os muleques, como se diz no Brasil) continuarão a brincar com a bola-de-gude e com um pipa.

Se tiveres dúvidas em relação ao novo acordo, no Portal da Língua Portuguesa (www.portaldalínguaportuguesa.org ), encontras uma aplicação gratuita que te permitirá converter o conteúdo de ficheiros de texto para a grafia que está, neste momento, a ser introduzida.

Ler mais: http://aeiou.visao.pt/acordo-ortografico-porque-vamos-mudar=f623289#ixzz1Zui0gbaU

in Visão Júnior, setembro 2011.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: