Dia da Mãe | A palavra mais amiga |O amor sem fim | Mãessagem

picasso_meninas_ler

“Meninas a ler”
Picasso (Málaga, 1881 – Mougins, 1973)
“Leio para aumentar o meu coração.”
José Ortega y Gasset (Madrid, 1833 – Madrid, 1955)

 

A palavra mais amiga

A palavra mais amiga,

Para mim, é sempre “Mãe”

E, por mais que bem a diga,

Sei que nunca a digo bem!

 

Paulo Ilharco

in “Transgressão: Poemas Ao Ocaso” (1997, 64)

 

O amor sem fim

 

Primeiro há

Um amor

Entre duas pessoas.

Neles vem uma criança,

E eles amam-na

Até aos seus

Últimos dias de vida.

 

O amor da mãe é

Tão Especial,

Que nunca tem fim,

E um dia

Ela parte,

Mesmo assim

O amor continua.

 

Mas um dia

Eu vou atrás

E continua,

O nosso amor

Sem fim.

Feliz dia da mãe

 

Belina Dias

6.ºD

 

“Mãessagem”

És minha Mãe, Amiga e Companheira!

Peço-te um beijo e dás-me a Terra inteira!

Peço-te um quadro, uma canção, um verso

E dás-me o Sol, a Lua, o Universo!

Peço-te só a sombra do teu véu

E dás-me a luz do dia, o próprio Céu!

Peço-te que me aceites, simplesmente,

E dás-me o coração, um mar de gente!

Peço-te que desculpes erros meus

E dás-me o teu perdão… e dás-me Deus!

Paulo Ilharco

4/5/2014 | Dia da Mãe

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: