28 de novembro de 2016 | Encontro com Pedro Seromenho!

Encontro com Pedro Seromenho

28 de novembro | BE EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia

 5.º D |  5.º E | 6.º D

cartaz_pseromenho

Vamos conhecer o escritor e ilustrador?

Pedro Seromenho Rocha, de nacionalidade portuguesa, nasceu em 1975, na cidade de Salisbúria (Harare), República do Zimbabué.

Zimbabwe, quer dizer “Casa de Pedra “ e  é  limitada pela África do Sul a sul, pelo Botswana a sudoeste, pela Zâmbia a noroeste e por Moçambique a leste.

Com apenas dois anos de idade fixou-se em Tavira e mais tarde em Braga, onde atualmente reside.

Pedro Seromenho licenciou-se em Economia, mas dedica-se inteiramente a escrever e a ilustrar livros para várias editoras nacionais e brasileiras, sendo cronista em diversos sites, revistas e jornais e visitando as escolas para inúmeros encontros com a leitura e os seus leitores.

Vamos conhecer algumas das suas obras?

A sua primeira obra foi um livro de poesia intitulado “Rostos e risos”, editado em 2000.

“A nascente de tinta”, publicada em 2006, é a primeira aventura do Gonçalo que, ao receber um búzio com poderes mágicos oferecido pelo seu avô, entra num universo fantástico! É o início da escrita para um público juvenil. Ele diz-nos:

“No dia em que descobri este novo imaginário, redescobri-me por completo. Não fazia ideia do enorme prazer que é comunicar com o público jovem. De facto, são eles que me exigem uma escrita mais criativa e também sensorial. E o resto é fácil. É sonhar.”

Em 2008, seguiu-se o  ”Reino do Silêncio” no qual a música e a alegria  regressarão graças à coragem e à persistência do Gonçalo e da Princesa.

Em 2009 lançou o romance juvenil “900 –  História de Um Rei” que assinala os 900 anos do nascimento de D. Afonso Henriques, está inserido no Plano Nacional de Leitura.

Em 2010 publicou a obra infantil “A estrelinha pálida”. Pedro Seromenho diz-nos que “esta é a história de uma pequenina estrela pálida que mora no Cruzeiro do Sul e que decide mergulhar até à Terra, à procura do brilho que não tem.”

Em janeiro de 2011, lançou a obra “Porque é que os animais não conduzem?” que sensibiliza as crianças as regras de segurança rodoviária para uma viagem… em segurança! Também está no Plano Nacional de Leitura.

Também em 2011, publicou o conjunto  recicloMANIA onde conhecemos 4 aventuras em torno do tema da reciclagem.

Foi no ano de 2013 que publicou a ” A fuga da ervilha”.

“As gravatas do meu pai” é um conto de 2014 e muitos dos presentes o conhecem

Vamos conhecer a sua última obra “A cidade que queria viver no campo?” Foi publicada no dia 12 de novembro!

Na biblioteca escolar está a decorrer uma Feira do Livro à tua espera! Já a visitaste?

 

pedroseromenho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: