Quero saber! | Divulgação! | Ciência na BE e BE na sala de aula!

A Biblioteca Escolar tem à tua disposição várias publicações periódicas com conteúdos de várias áreas científicas atuais, nomeadamente através das revistas “Quero saber”, “National Geographic e “Super Interessante”.

Para que te seja mais fácil encontrar e aprofundar conteúdos relacionados com a disciplina de Físico-Química, podes consultar o quadro em permanente atualização afixado na Biblioteca (estantes dos periódicos) e no placar exterior da tua BE.

A partir deste mês, e com periodicidade mensal, vais encontrar novidades!

2017-02-21_1846

 

qs_jan

Literatura e Ciência-Livro do mês de Janeiro/Fevereiro- Michel Tournier-Sexta-Feira ou a Vida Selvagem (1967)

Faleceu no dia 18 de Janeiro deste ano, Michel Tournier importante escritor francês, autor do  romance Sexta-Feira ou os Limbos do Pacífico (prémio de romance da Academia Francesa em 1967) que teve uma adaptação para jovens neste mesmo ano, com o título Sexta-feira ou A Vida Selvagem. Ainda em 1970 o autor foi prémio Goncourt pelo romance o Rei dos Álamos.

9722315706

Estamos a ler este notável romance, cuja temática nos pode por a pensar sobre a importância da Natureza para a humanidade, e até que ponto podemos viver completamente sem ela ou ao invés vivermos completamente emersos no mundo urbano, sem pingo de biodiversidade.

Como sabemos que a melhor maneira de elogiarmos um autor é ler com prazer e foco os seus livros temos por isso na nossa biblioteca vários exemplares do Sexta-feira ou A Vida Selvagem que são recomendados para os nossos alunos de Ciências Naturais do 8º Ano.

2015 | Ano Internacional da Luz

A Luz

A escolha do tema Luz para o AIL2015 e sua pertinência no Mundo atual é clara em diversas dimensões. A ciência e aplicações da luz criaram tecnologias revolucionárias que possuem um efeito direto na melhoria da qualidade de vida a nível mundial. A tecnologia baseada na luz é o maior motor económico da atualidade (conforme ocorreu com a eletrônica no século XX). As suas aplicações na saúde, comunicações, economia, ambiente e sociedade são exemplos da abrangência deste tema e o seu potencial educativo apresenta ligações com todas as áreas do conhecimento!    Ler mais!

Relê a publicação periódica “Super Interessante”.

Como é viajar pelo sistema solar à velocidade da luz?

O vídeo Riding Light, criado pelo designer e animador Alphonse Swinehart e colocado na rede de partilha Vimeo, dá-nos uma boa noção.
Na animação, foi tida em conta a imensa velocidade da luz (cerca de 300 mil quilómetros por segundo), mas também as enormes distâncias interplanetárias. Aqui, imaginamos que somos um fotão (partícula de luz) que parte do Sol rumo ao espaço sideral, cruzando as órbitas dos planetas.
A viagem é feita em tempo real. Ou seja, demoramos oito minutos e 20 segundos a chegar à Terra, por exemplo, ou 43 minutos e 17 segundos até Júpiter.

Artigo completo por Ricardo Simões Ferreira em: Diário de Notícias

25 de novembro 2014 | Pseudiciência por todo o lado | CCV Rómulo de Carvalho

 

 

25nov
“Enquanto a ciência tiver credibilidade, haverá sempre quem queira vender as suas ideias, produtos e serviços, alegando que estes têm validade científica, sem que isso seja verdade. A pseudociência está por todo o lado e recorre a um conjunto de estratégias reconhecíveis, na tentativa de se validar. O uso abusivo de linguagem aparentemente científica e a evocação de figuras de autoridade (tais como especialistas e médicos), são as estratégias mais comuns da pseudociência. Mas a ciência não se baseia em nada disso, mas sim em provas, passíveis de confirmação. Há algumas ferramentas para ajudar a distinguir ciência de pseudociência, mas o único antídoto para a pseudociência é a cultura científica.”

27 de novembro 2014 | Encontro com Alexandre Aibéo “O sol tranquilo”

Diapositivo1

 No dia 27 de novembro de 2014, o Agrupamento de Escolas Coimbra Sul tem, pela terceira vez, a honra de ter a presença, na Biblioteca da EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia, do professor e investigador Doutor Alexandre Aibéo para mais um encontro com a astronomia. Desta vez, o nosso convidado, promotor e comunicador da cultura científica, dinamizará duas sessões intituladas “O Sol tranquilo”, dirigidas às turmas de 7.º Ano : 11:00 – 7.ºA | 7.ºB | 7.ºE e às 12:00 –  7.ºC |7.ºD | 7.ºF. Este evento tem a organização da Biblioteca Escolar em articulação com a área disciplinar de Físico-Química. Esta atividade tem o apoio da Editora AREAL!

“O sol tranquilo”

“Não olhar diretamente para o Sol!” Foi exatamente esse risco que revolucionou a forma como “olhamos” para o Sol. Outros olhos, outras formas de ver. O interior de Sol, a sua rotação, as manchas solares e as auroras boreais. Numa altura em que imagens extraordinariamente detalhadas nos mostram a intensa atividade do Sol, torna-se importante compreender o comportamento do ciclo solar. Uma viagem ao sabor do vento solar em que nem sempre o Sol é o que parece.

 Vamos conhecer um pouco mais o professor Doutor Alexandre Aibéo?

Alexandre Aibéo é licenciado em Astronomia, Mestre em Fundamentos e Aplicações da Mecânica de Fluidos e doutorado em Astronomia pela Universidade do Porto. Docente na Escola Superior de Tecnologia de Viseu, desenvolve trabalhos na área da Magneto-Hidrodinâmica aplicada ao Vento Solar. Nos tempos livres dedica-se à promoção da cultura científica, especialmente nas áreas da Astronomia e da Física. Desde 1996 tem realizado diversas ações que vão desde apresentações e tertúlias à organização de festivais e sessões de observação noturna e diurna. Desde 2007, é investigador no Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP).

Foi o vencedor da primeira edição portuguesa de 2010 do concurso Famelab, dedicado à comunicação da ciência, que decorreu no Pavilhão do Conhecimento Ciência Viva em Lisboa, onde o nos falou da vida das estrelas.
Publicou em  outubro de 2012, a obra que se segue. Ficamos à espera da publicação da próxima!

​ istonaoesomatematica

Isto (não) é só matemática

​Transcrevemos, a este respeito, um excerto do professor, investigador e promotor a cultura científica Carlos Fiolhais

“Devo dizer (escrever) também em tantos anos que levo como leitor apaixonado de divulgação científica, nunca encontrei uma obra tão “deliciosamente estranha” como esta. Esta “estranheza” é, neste caso, um perfeito adjetivo; é uma obra de pura divulgação científica? É. É uma obra de banda desenhada? Também. É humor? Definitivamente. Seja por palavras, seja pelos recheados “cartoons humorísticos” que contém.”

In http://dererummundi.blogspot.pt/

INM

11 e 12 novembro E.B. 2-3 CEIRA , 17 e 18 novembro E. B. 2-3 M. A. Gouveia | FEIRA DE MINERAIS!

Nos dias 11 e 12 e nos dias 17 e 18 de Novembro de 2014, vai realizar-se a Feira de Minerais na Escola Básica 2-3 de Ceira e na Escola Básica 2-3 Maria Alice Gouveia, respetivamente.

Este evento, com horário entre as 10.00h e as 17.00h, tem como objetivos promover e estimular o gosto pelas Ciências da Terra através da observação de minerais, rochas e fósseis e reconhecer a importância dos fósseis para o estudo da história da terra. Este evento é dinamizado pela disciplina de Ciências Naturais, em parceria com a AZURITE e apoios do Eco-Escolas e Biblioteca Escolar. A atividade está aberta a toda a comunidade escolar, podendo adquirir-se as peças em exposição.

Visitem a exposição!

Feira de Minerais

%d bloggers like this: