21 de abril comemorando o Dia Mundial do Livro na BMC

No dia 21 de abril, pelas 15:30, na Biblioteca Municipal de Coimbra, antecipou-se o Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor, realizando-se a entrega dos prémios aos vencedores do Desafio Municipal de Leitura e do Concurso “Há poesia na escola“, duas das diferentes iniciativas da Rede de Bibliotecas Escolares de Coimbra.

O AE Coimbra Sul esteve presente nesta cerimónia, tendo a Diretora do nosso AE estado presente, bem como as duas alunas do 2.º ciclo da EB 2,3 de Ceira que ficaram em 3.º lugar, na Fase Concelhia, em ambos os concursos e que leram, respetivamente, um excerto da obra “O Planeta Branco” de Miguel Sousa Tavares e a poesia “Misturas da vida” que a seguir partilhamos!

Mais uma vez muitos parabéns a todos os participantes e uma saudação muito especial às nossas vencedoras!

Aqui está o poema distinguido com o 3.º lugar! Boas leituras no Dia Mundial do Livro!

 

 

As misturas da vida

 

Uma estrela cor doirada

Tantas iguais por todo o lado

E enquanto olhas o luar

Sentes-te aconchegado

 

Pois são assim as coisas

Do espaço

A quem nunca poderemos

Dar um abraço

 

Ele é infinito

Aquilo dele ter fim

É só um mito

Pelo menos para mim

 

Lá pelo que dizem

Há coisas de espantar

Os astros, as estrelas e os planetas

Já para não falar dos cometas

 

E mais uma estrela cintilante

A passar vinda do nada

Mas que estrela tão brilhante

Que já por ti foi achada

 

Aluna do 2.º ciclo

 

21 de Março | Já leste um poema hoje? | Dia da Árvore, da Floresta e da Poesia!

O Dia Mundial da Poesia celebra-se todos os anos a 21 de março.

A data foi criada na 30.ª Conferência Geral da UNESCO, a 16 de novembro de 1999.

Este Dia Mundial da Poesia celebra a diversidade do diálogo, a livre criação de ideias através das palavras, da criatividade e da inovação. A data visa fazer uma reflexão sobre o poder da linguagem e do desenvolvimento das habilidades criativas de cada pessoa. Neste dia realizam-se várias atividades pelo país, sobretudo nas escolas, bibliotecas e espaços culturais.

A poesia contribui para a diversidade criativa, usando as palavras e os nossos modos de perceção e de compreensão do mundo.* in Calendarr. Neste dia também se comemora o Dia da Árvore e o Dia Mundial da Floresta!

Já leste um poema hoje? Até ao dia 2 de abril, Dia Internacional do Livro Infantil, poderás fazê-lo aqui!

Aqui está uma proposta de Jorge Sousa Braga e…boas leituras!

As árvores e os livros

As árvores como os livros têm folhas
e margens lisas ou recortadas,
e capas (isto é copas) e capítulos
de flores e letras de oiro nas lombadas.

E são histórias de reis, histórias de fadas,
as mais fantásticas aventuras,
que se podem ler nas suas páginas,
no pecíolo, no limbo, nas nervuras.

As florestas são imensas bibliotecas,
e até há florestas especializadas,
com faias, bétulas e um letreiro
a dizer: «Floresta das zonas temperadas».

É evidente que não podes plantar
no teu quarto, plátanos ou azinheiras.
Para começar a construir uma biblioteca,
basta um vaso de sardinheiras.

in “Herbário” | Disponível na BE!

27 de janeiro | Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto

O secretário-geral da ONU, António Guterres efetuou uma comunicação sobre o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto para marcar esta data –  27 de janeiro.

António Guterres afirmou: “como Secretário-Geral das Nações Unidas, estarei na frente de batalha contra o antissemitismo e todas as formas de ódio. Vamos construir um futuro de dignidade e igualdade para todos.”

Assista a este vídeo.

in:goo.gl/gW72GA

Para assinalar este dia, a duas BE dos 2.º e 3.º ciclos realizam uma mostra bibliográfica em diferentes suportes.

 

27_janeiro

Leituras arrepiantes para o Halloween!

 

E-book !

a-bruxa-arreganhadentes-1-638

9726626625

uma-aventura

O Filme

4634c17eb0a90c5dd601a34fe43b292ca056b230

500_9789896603021_o_fantasma_dos_canterville

transferir

download-eclipse-saga-crepusculo-vol-3-stephenie-meyer-em-epub-mobi-pdf

…e muitos outros à espera de ti nas tuas bibliotecas!

Lendo! | 26 de agosto | Dia Mundial do Cão!

Como nós eras altivo
fiel mas como nós
desobediente.
Gostavas de estar connosco a sós
mas não cativo
e sempre presente-ausente
como nós.
Cão que não querias
ser cão
e não lambias
a mão
e não respondias
à voz.
Cão
Como nós.

Manuel Alegre

Na BE são várias as obras em que os nossos amigos incondicionais estão presentes; é verdade que também existem guias e até um dicionário de cão/português.

Aqui estão alguns dos livros e dos filmes!

transferir

images3

image

transferir (1) image (9) image (8) image (7) image (5) image (1) 00000156625

9789892700960 00000101928 image (6) image (4) image (2) image (3) image (10) transferir (1)

9789896600402

Hachiko_poster_02

5606699506899

Lendo! | 8 de agosto | Dia Internacional do Gato!

LibraryCat19HR

Aqui estão algumas propostas de leitura!

Nas BE existem também guias e até um dicionário de gatês e português e é disponibilizado para melhor compreendermos os nossos felinos!

Clique sempre na imagem para aceder a mais informação!

9789898093820

9789720040923

9789720044808

 

9789722020244

 

9789724128221

 

350_9789895551057_amados_gatosf3527f_292a1efee6dc41e38453cfd6474e66b3

500_9789722114158_o_gato_e_o_escuro

 

350_9789892309583_cronicas_do_vampiro_valentim_o_gato_vampiro_e_outros_misterios

 

 

 

350_9789724140155_Os_Gatos_Morrem_de_Pe

5 de julho de 2016 | Aniversário de Mia Couto!

mia couto

Não Sabemos Ler o Mundo

Falamos em ler e pensamos apenas nos livros, nos textos escritos. O senso comum diz que lemos apenas palavras. Mas a ideia de leitura aplica-se a um vasto universo. Nós lemos emoções nos rostos, lemos os sinais climáticos nas nuvens, lemos o chão, lemos o Mundo, lemos a Vida. Tudo pode ser página. Depende apenas da intenção de descoberta do nosso olhar. Queixamo-nos de que as pessoas não lêem livros. Mas o deficit de leitura é muito mais geral. Não sabemos ler o mundo, não lemos os outros.

Vale a pena ler livros ou ler a Vida quando o acto de ler nos converte num sujeito de uma narrativa, isto é, quando nos tornamos personagens. Mais do que saber ler, será que sabemos, ainda hoje, contar histórias? Ou sabemos simplesmente escutar histórias onde nos parece reinar apenas silêncio?

Mia Couto, in ‘E Se Obama Fosse Africano?’

A revisitar no Portal da Literatura!

%d bloggers like this: