28 de março de 2019 | Concurso de Leitura Expressiva | BE da EB 2,3 Ceira

Foi uma manhã especial a que passámos no dia 28 de março, na Biblioteca Escolar da EB 2,3 de Ceira – ler com as cores do coração a poesia de Sophia de Mello Breyner Andresen foi a melhor forma de celebrar a sua obra que também esteve connosco durante aquela manhã.

Fotografámos, gravámos em áudio, mas e sobretudo, ficou-nos a memória deste dia e recordar o empenho, a alegria, o nervosismo e , sobretudo, o querer participar e partilhar com todos quantos assistiam o som das palavras de Sophia.

Parabéns a todos os alunos participantes!

Os resultados, após aturada decisão do júri, já estão afixados na Biblioteca Escolar e no átrio dos alunos!

#hojeleitoramanhaleitor

 

19 de abril de 2018 | Clássicos em rede | Olimpíadas na EB Alice Gouveia e na EB de Ceira

Clássicos em rede na EB Alice Gouveia e em Ceira
No passado dia 19 de abril realizaram-se as Olimpíadas da Cultura Clássica – modalidade de prova escrita, no âmbito das iniciativas do Programa Clássicos em rede. Os nove alunos participantes do 3.º Ciclo tiveram 60 minutos, com tolerância de 15 minutos, para responderem ao desafio escrito proposto para este ano pela Comissão Organizadora e aprovados pela Comissão Científica deste projeto.
Estão igualmente a decorrer nas duas EB 2,3 as Olimpíadas da Cultura Clássica  – modalidade  artes/ multimédia e são vários os trabalhos apresentados, desde banda desenhada a cartazes, vídeos, podcasts e objetos 3D. Para conhecer melhor a cultura Clássica e a sua influência no nosso património e identidade.

16 de março de 2017 | Apresentação do livro “Para além do óbvio”

16 de março de 2017 | Apresentação do livro “Para além do óbvio”

Propostas de intervenção para a melhoria das competências pragmáticas

Realiza-se no próximo dia 16 de março na Biblioteca Escolar da EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia, às 17:00, uma sessão de apresentação da obra “Para além do óbvio – histórias sociais”, enquanto partilha de uma experiência pedagógica e como recurso para a intervenção junto de pessoas com necessidades educativas especiais, no domínio das competências sociais.

As suas autoras, Catarina Santos e Susana Gomes (Terapeutas da Fala da APPACDM de Coimbra) e a sua ilustradora Carla Martins (Centro de Atividades Ocupacionais da APPACDM de Coimbra) dinamizam esta atividade e darão a conhecer a obra aos docentes e a outros intervenientes relacionados com a educação de todos os alunos, explorando a aplicabilidade dos conteúdos da obra numa perspetiva de intervenção prática e concreta como proposta de ajuda quotidiana.

Esta iniciativa é organizada pelo Departamento de Educação Especial e é dirigida aos docentes de todo o Agrupamento de Escolas Coimbra Sul e respetiva Comunidade Educativa, com a colaboração do Centro de Recursos TIC para a Educação Especial – Coimbra e da Biblioteca Escolar.

 

O livro “Para além do óbvio” apresenta propostas de intervenção que objetivam a melhoria do desempenho dos indivíduos nos diferentes contextos comunicativos em que participam, de modo a que possam alcançar uma forma de atuação mais ajustada e diferenciada, de acordo com os locais em que se encontram, as pessoas com quem interagem e os objetivos comunicativos que estão na base de cada interação.

Através dos textos das histórias sociais, complementados com a utilização de símbolos pictográficos, pretende-se descrever diferentes situações sociais do quotidiano, explicitando quais os comportamentos comunicativos mais oportunos em cada situação considerada, com o intuito de aumentar a funcionalidade comunicativa das pessoas com dificuldades a este nível.

Requisite o livro na BE!

12 e 13 de abril de 2016 | Mundo Brilhante na nossa escola!

Vão decorrer no Agrupamento de Escolas Coimbra Sul, nos dias 12 e 13 de abril, várias sessões de sensibilização e de promoção de leitura organizada pelo Projeto “Mundo Brilhante” sob a direção do Dr. Alfredo Leite, psicólogo educacional e diretor pedagógico deste projeto que tanto tem vindo a contribuir para uma visão da leitura e da sua importância na assunção de valores da cidadania que se revestem de um interesse primordial nos nossos dias.

Ao longo de dois dias, na Biblioteca Escolar da Escola EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia, serão dinamizadas várias sessões de sensibilização para a leitura dos textos dramáticos “Leandro, o rei da Helíria”, de Alice Vieira para os alunos do 7.º ano, “Aquilo que os olhos veem ou o Adamastor”, de Manuel António Pina, destinadas aos alunos do 8.º ano e o “Auto da Barca do Inferno” de Gil Vicente para os alunos de 9.º ano, salientando a vinda dos alunos do 9.ºA/C da EB 2,3 de Ceira para esta sessão.  Esta atividade é organizada pela Biblioteca Escolar em articulação com a área disciplinar de Português. Dois dias brilhantes para aprender e ler sempre +!

2 de Abril Dia Internacional do Livro Infantil

 

Diapositivo1

No dia 2 de abril comemora-se em todo o mundo o nascimento de Hans Christian Andersen. A partir de 1967, o dia 2 passou a ser designado por Dia Internacional do Livro Infantil, chamando-se a atenção para a importância da leitura e para o papel fundamental dos livros para a infância.

Para assinalar o Dia Internacional do Livro Infantil 2014, a DGLAB convidou a ilustradora Ana Biscaia para ser a autora da imagem do cartaz. A mensagem do IBBY internacional, este ano é da responsabilidade da Irlanda.

Vamos ler?

CARTA ÀS CRIANÇAS DE TODO O MUNDO

Os leitores perguntam muitas vezes aos escritores como é que escrevem as suas histórias – de onde vêm as ideias? Da minha imaginação, responde o escritor. Ah, sim, dizem os leitores. Mas onde fica a imaginação, de que é que ela é feita, e será que todos temos uma?

Bem, diz o escritor, fica na minha cabeça, claro, e é feita de imagens e palavras e memórias e vestígios de outras histórias e palavras e fragmentos de coisas e melodias e pensamentos e rostos e monstros e formas e palavras e movimentos e palavras e ondas e arabescos e paisagens e palavras e perfumes e sentimentos e cores e ritmos e pequenos cliques e flashes e sabores e explosões de energia e enigmas e brisas e palavras. E fica tudo a girar lá dentro e a cantar e a parecer um caleidoscópio e a flutuar e a pousar e a pensar e a arranhar a cabeça.
Claro que todos temos uma imaginação: se assim não fosse, não seríamos capazes de sonhar. Contudo, nem todas as imaginações são feitas das mesmas coisas. A imaginação dos cozinheiros tem sobretudo paladares, e a dos artistas mais cores e formas. Mas a imaginação dos escritores está cheia de palavras.
E nos leitores e ouvintes das histórias, as imaginações fazem-se com palavras também. A imaginação do escritor trabalha e gira e molda ideias e sons e vozes e personagens e acontecimentos numa história, e a história é apenas feita de palavras, batalhões de rabiscos que marcham ao longo das páginas. E depois chega o leitor e os rabiscos ganham vida. Ficam na página, parecem ainda rabiscos, mas também brincam na imaginação do leitor, e o leitor começa igualmente a desenhar e a rodar as palavras de modo a que a história se crie agora na sua cabeça, tal como tinha acontecido na cabeça do escritor.
É por isso que o leitor é tão importante para a história como o escritor. Há apenas um escritor para cada história, mas há centenas ou milhares ou mesmo milhões de leitores, na própria língua do escritor ou traduzida para muitas línguas. Sem o escritor, a história nunca teria nascido; mas sem os milhares de leitores em todo o mundo, a história não viveria todas as vidas que pode viver.
Cada leitor de uma história tem alguma coisa em comum com os outros leitores da mesma história. Separadamente, mas também em conjunto, eles recriam a história do escritor com a sua própria imaginação: um ato ao mesmo tempo privado e público, individual e coletivo, íntimo e internacional. Isto deve ser o aquilo que o ser humano faz melhor.

Continua a ler!

Siobhán Parkinson
Autora, editora, tradutora e distinguida com o Laureate na nÓg (Children’s Laureate
of Ireland).

Tradução: Maria Carlos Loureiro

Neste dia 2 de abril, pelas 17 horas, vários alunos ofereceram Marcadores e Leituras à Comunidade Educativa. Aqui estão algumas fotografias e boas Leituras!

Click to play this Smilebox slideshowCreate your own slideshow - Powered by Smilebox
A digital slideshow by Smilebox

12 de novembro de 2013 | Mundo Brilhante na nossa escola

mundo_brilhante (1)

Vão decorrer, no próximo dia 12 de novembro, 5 sessões de sensibilização para a leitura das obras “O cavaleiro da Dinamarca” de Sophia de Mello Breyner Andresen (7.º ano)  e “O Fantasma de Canterville” de Oscar Wilde (9.º ano).

As sessões serão dinamizadas pelo director pedagógico do projeto “Mundo Brilhante” –  Dr. Alfredo Leite, psicólogo educacional.

Esta atividade é organizada pela área disciplinar de Português em colaboração com a Biblioteca Escolar.

Calendarização

10:15-11:00 | 9ºA +9ºD

12:00-12:45 | 7ºA +7ºC

12:45-13:30 | 9ºC + 9ºB

14:30-15:15|7ºD + 7ºF

15:30-16:15 |7ºE + 7ºB

Outubro | Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Segundo os princípios estabelecidos pela International Association of School Librarianship (IASL), o “Mês Internacional da Biblioteca Escolar” permite aos responsáveis pelas bibliotecas escolares, em todo o mundo, escolher um dia, em outubro, que melhor se adeque à sua situação de forma a celebrar a importância das bibliotecas escolares. O Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares decidiu declarar o dia 28 de outubro como o Dia da biblioteca escolar, permitindo, deste modo, às escolas a preparação atempada de atividades específicas a realizar nesse dia, independentemente das ações que possam levar a efeito noutros dias do mês.

A RBE associa-se, deste modo, a este evento internacional, convidando todas as bibliotecas a inserirem na página de atividades do portal RBE, durante o mês de outubro, uma atividade que considerem significativa e ilustrativa do modo como comemoraram a data. À medida que forem sendo publicadas, a RBE divulgará nos Destaques algumas destas atividades. Este envio também pode ser dirigido por mail para a IASL, de modo a que a atividade possa constar, igualmente, da sua página “What people are doing for ISLM 2013”.

A IASL propôs, como habitualmente, um tema aglutinador: Biblioteca escolar: uma porta para a vida e a BE criou um cartaz para celebrar a data.

mes_internacional_BE

%d bloggers like this: