17 de abril de 2018 | Encontro com o Escritor José António Franco! | BE da EB 2,3 Alice Gouveia

O poeta José António Franco vem mais uma vez à BE da EB 2,3 Alice Gouveia no dia 17 de abril para um Encontro com o Escritor, dirigido a todas as turmas do 5.º ano no âmbito da disciplina de Língua Portuguesa em articulação com a BE.

Vamos revisitar o nosso Escritor?

JOSÉ ANTÓNIO FRANCO, nasceu em Coimbra em 1951.

Licenciado em Filologia Germânica, professor de inglês; formador de professores, educadores e bibliotecários; poeta e ficcionista, tem-se dedicado à didáctica da poesia, trabalhando essencialmente com crianças e jovens dos Ensinos Básico e Secundário com quem partilha o prazer de ouvir e dizer o poema.

Bolseiro Fulbright (pela Comissão Cultural Luso-Americana), na State University of New York, College at Potsdam, 1979.

Galardoado no Prémio Alves Redol de Revelação de Conto, Vila Franca de Xira, 1990. Venceu o X Prémio de Conto Joaquim Namorado, Figueira da Foz, 1993.

Em 1997 foi galardoado pelo Instituto de Inovação Educacional no Concurso “Experiências Inovadoras no Ensino” pelo projecto A Poesia como Estratégia.

Em 2002 fundou “Os Jograis da Bonifrates”.

 

PUBLICAÇÕES DO AUTOR (além de textos dispersos em blogs, jornais e revistas nacionais, galegas e brasileiras)

POESIA

Véspera Tardia, poemas, Coimbra, 1986, assinado com o pseudónimo de António Simões;
Pedra Fecunda, poemas, Coimbra, 1987;
Paisagem sem Noite, poemas, colecção Poesia, Livraria Minerva, Coimbra, 1993;
Verso a Verso (PNL), Antologia Poética, com Textos de Luísa Ducla Soares, José Manuel Ribeiro, Vergílio Alberto Vieira, Amadeu Baptista, Nuno Higino e Francisco Duarte Mangas, ilustrações de João Concha, Editora Trinta Por Uma Linha, Porto, 2009;
Versos de Respirar (PNL), Calendário de Letras, 2009;
Rimas e Castanholas, Trinta Por Uma Linha, Porto, 2012;
Verso a Verso, Antologia Poética, tradução para o castelhano de Maria del Sol Peralta, Panamericana Editorial, Bogotá, Colômbia, 2013;
25 de Abril 40 Anos de Liberdade, Antologia, Trinta Por uma Linha, Porto, 2013;
Barricadas de Estrelas e de Luas, Antologia Poética no Centenário da Primeira Grande Guerra organizada por João Manuel Ribeiro, Tropelias e Companhia, Porto, 2013;
Pandeiretas, Cornetins e Rimas Assins (PNL), Trinta Por uma Linha, Porto, 2014;
Caderno Tolo de Versos sem Miolo, Livros do Corvo, Vila Nova da Barquinha, 2017;
Rimas e Castanholas (2ª edição), Livros do Corvo, Vila Nova da Barquinha, 2017, Versos de  Respirar, (2.ª edição), Livros do Corvo, Vila Nova da Barquinha, 2018;
Os Direitos da Criança, Antologia organizada por João Manuel Ribeiro, Trinta Por Uma Linha, Porto, 2018.

PROSA:

Histórias e Morais, Coimbra, 1992; “O Frigorífico”, in Contos Premiados, X Prémio Joaquim Namorado, Câmara Municipal da Figueira da Foz, 1996;
“Corpinteiro”, in Crónica Jornalística — Século XX, antologia organizada por Fernando Venâncio, Círculo de Leitores, 2004; Histórias e Morais, Pé de Página, Coimbra, 2005;
O Melro Envergonhado (PNL), Lápis de Memórias, Coimbra, 2011;
O Lobinho (PNL), Lápis de Memórias, Coimbra, 2016;

A Cegonha Maquinista, Livros do Corvo, Vila Nova da Barquinha, a sair brevemente.

ENSAIO

— “A poesia como estratégia”, in José António Franco et al, Experiências Inovadoras no Ensino: inovação pedagógica, colecção Práticas Pedagógicas, nº 6, Instituto de Inovação Educacional, Lisboa, 1998;
A Poesia como Estratégia, Campo das Letras, colecção Campo da Educação, Porto, 19991;
A Poesia como Estratégia, Tropelias & Companhia, Porto, 2012 (obra de referência para a implementação do programa de Português do Ensino Básico).

30 de janeiro de 2018 | Palestra – Dr.ª Ana Soares – Mitos | Programa Clássicos em rede | Parceria Olimpvs.net

 

No próximo dia 30 de janeiro vai decorrer, nas BE das EB 2,3 Alice Gouveia e de Ceira, uma Palestra subordinada ao tema Mitos, dinamizada pela Dr.ª Ana Soares, professora de Português e autora, destinada a turmas dos 5.º e 6.º ano e numa organização e articulação da BE e a área disciplinar Português. Esta iniciativa resulta do programa Clássicos em rede desenvolvido, em parceria, pela Rede de Bibliotecas Escolares, pelo Centro de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (CEC-FLUL) e pelas autoras do projeto Olimpvs.net .

EB 2,3 Alice Gouveia – 10:15 – 11:15| 5.º A | 6.º D | 6.º E

EB2,3 Ceira – 12.00 – 13:00 |6.º A/C | 6.º B/C

Os nossos alunos do 6.º ano leram a obra Ulisses, de Maria Alberta Menéres e ficaram fascinados pelas aventuras míticas de Ulisses, rei de Ítaca, uma ilha grega do mar Iónio. Estas sessões serão uma oportunidade ímpar para conhecer com a nossa convidada um pouco mais de mitologia, da Cultura Clássica e descobrir a sua importância no nosso património cultural e linguístico, a sua atualidade e presença no nosso quotidiano.

A nossa autora Ana Soares é uma das co-autoras do projeto e coleção Olimpvs.net – com a jornalista e autora Bárbara Wong  cujas personagens principais adquirem poderes dos deuses do Olimpus e assim resolvem vários mistérios e ultrapassam muitos perigos sempre em defesa do bem, dando a conhecer mais uma história ou um mito da Grécia Antiga. Existem alguns exemplares na Biblioteca escolar que poderão constituir a tua próxima leitura e aventura fantástica!

Já são oito os volumes e as aventuras dos cinco amigos! Clica sobre a imagem para os conheceres melhor, saberes os poderes que lhes foram concedidos e os símbolos respetivos!

 

Visitem o site desta coleção e conheçam as personagens, as oito aventuras, a mitologia a elas associada e claro, as sua autoras!

Clica aqui!

Clássicos em rede é um programa de atividades para alunos dos ensinos básico e secundário, com o objetivo de aumentar os seus conhecimentos sobre a Cultura Clássica e, sobretudo, levá-los a descobrir a sua presença na atualidade: na língua e etimologia, na herança patrimonial, nos modelos estéticos e na arte, no imaginário coletivo, no ideário que está na base das nossas sociedades e em tantas outras áreas.

Da iniciativa faz parte um concurso, as Olimpíadas da Cultura Clássica, em diferentes modalidades: escrita, expressão plástica e trabalhos multimédia. Os temas para este ano lectivo são Ulisses e Penélope; Minotauro e o Labirinto; Zeus e os Jogos Olímpicos. Algumas das turmas do 6.º e 9.º anos inscreveram-se nestes desafios.

Vamos conhecer um pouco as nossas escritoras?

Ana Soares é professora de Português, licenciada em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e doutorada em Linguística pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, contando com uma larga experiência de ensino nos ensinos básico, secundário e superior (na área da formação de professores).

Presentemente, é Coordenadora do Departamento de Língua Portuguesa do Colégio do Sagrado Coração de Maria, em Lisboa, onde leciona a disciplina de Português.
Em paralelo com a docência, dedica-se à escrita e à produção de auxiliares de estudo e manuais escolares.

Em 2008 publica os cadernos Tira-Dúvidas de Língua Portuguesa para o 3.º ciclo. Em 2011, publica o manual escolar Porta-Viagens, para o 5.º ano, em coautoria, e em 2012, o Porta-Viagens para o 6.º ano.
Em paralelo com a docência, dedica-se à produção de auxiliares de estudo e manuais escolares. Em 2008 publica os cadernos Tira-Dúvidas de Língua Portuguesa para o 3.º ciclo. Em 2011, publica o manual Porta-Viagens, para o 5.º ano, em coautoria, e em 2012, o Porta-Viagens para o 6.º ano.
Em 2012 estreia-se na escrita infantil e juvenil com a coleção Olimpvs.net, que tem como temas principais as personagens e histórias da mitologia grega, em coautoria com a jornalista Bárbara Wong.
É ainda coautora Co-autora do blogue Educar em Português

Bárbara Wong

Jornalista e editora no jornal PÚBLICO.
Prémio “A Família e a Comunicação Social”, em 2005.

Autora dos livros:
“A Escola Ideal: Como escolher a escola do seu filho dos 0 aos 18 anos”, Sebenta;
“A minha sala de aula é uma trincheira”, Esfera dos Livros;
“O meu filho fez o quê??”, Porto Editora.

https://www.wook.pt/autor/ana-soares/48055

http://www.olimpvs.net/index.php/autoras/

 

Sophia de Mello Breyner Andresen

Documentário “Sophia de Mello Breyner Andresen – O Nome das Coisas” from Panavideo on Vimeo.

10 de março 2014 | Encontro com José António Franco

No dia 8 de março de 2014, o poeta José António Franco esteve no JI da Quinta das Flores e a poesia esteve presente nas suas múltiplas linguagens de encantamento através das obras Versos de respirar  e Rimas e Castanholas. As crianças das três salas aderiram às propostas do escritor e participaram ativamente com trabalhos elaborados aquando da preparação deste encontro. Nesse dia, o escritor, munido de palavras novas e inventadas, cativou a atenção dos alunos com a sua harmónica, a sua viola e sonoridades melodiosas…  a poesia aconteceu! No final do encontro, e após a oferta de um trabalho por cada grupo de crianças ao escritor, o nosso poeta autografou vários livros que ficarão para sempre nos seus corações!

 Quatro dos poemas do nosso escritor foram traduzidos para linguagem simbólica, enriquecendo o fundo documental do projeto “Todos Juntos Podemos Ler”.

fotografia (5)

fotografia (3)

fotografia (4)

fotografia (6)

fotografia (8)

fotografia (13)

O Concurso de Caligrafia já começou!

Diapositivo1

Aqui está o regulamento!

2013_2014_CONCURSO CALIGRAFIA REGULAMENTO_1CEB

2013_2014_CONCURSO CALIGRAFIA REGULAMENTO_2º CEB

7 de maio (14h15) | Exposição “Saramago… formas de ver” – inaugura na Casa Municipal da Cultura

Exposição “Saramago… formas de ver” – inaugura dia 7 maio (14h15); Casa Municipal da Cultura.
Na próxima 2ª feira será inaugurada a exposição “Saramago… formas de ver” na Casa Municipal da Cultura. O nosso agrupamento de escolas participou através de trabalhos realizados pelo 1º Ciclo do Chão do Bispo (4º ano) e da Quinta das flores (3ºC) e  5ºC na disciplina de EVT. A exposição termina no dia 30 de maio.
Aqui fica o convite e o Saramago_flyer!

Boas leituras com Saramago visto pelo olhar dos alunos da Rede de bibliotecas de Coimbra.

Myebook – Livro do 5ºA

Myebook – Livro do 5ºA.

Poesias elaboradas a partir da leitura de obras do escritor João Manuel Ribeiro.

Myebook – Ir num pé e vir noutro | 5ºB | EVT e LP

Myebook – Ir num pé e vir noutro.

Ilustrações criadas a partir da leitura da obra “O rapaz da bicicleta de vento e outras andanças” do escritor João Manuel Ribeiro, mais particularmente do conto “Ir num pé e vir noutro”. Trabalho realizado pelo 5ºB nas aulas de EVT. Alunos da EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia | Coimbra- escola aLeR+

14 de fevereiro 2012 | Pedro Seromenho na BMC com o 6ºE

No passado dia 14 de fevereiro, a turma do 6º E deslocou-se até à Biblioteca Municipal de Coimbra, para o encontro com escritor Pedro Seromenho.
Pedro Seromenho é um jovem escritor que encanta muitas crianças com os desenhos muito criativos.
Este escritor interage com os seus espectadores de uma forma muito agradável, contando histórias e ilustrando-as ao mesmo tempo.
A sua sessão de autógrafos também foi de meu agrado, ele “desenha”  os seus autógrafos, por norma os outros escritores escrevem.
Pedro Seromenho é de facto uma personalidade muito simpática!

Encontro com a escritora Marta Carvalho

Click to play this Smilebox slideshow
Create your own slideshow - Powered by Smilebox
Personalize your own slideshow

José Saramago |1922-2010

 A escrita de Saramago explicada por ele próprio.

José e Pilar foi distinguido com o Prémio do Público na Mostra de Cinema de São Paulo, na Categoria de Melhor Documentário. Este é o segundo prémio conquistado pelo trabalho de Miguel Gonçalves Mendes, depois da atribuição do Prémio do Público no Festival Visões do Sul, no qual teve honras de abertura. Duzentas e quarenta horas filmadas, quatro anos de trabalho, três anos de intimidade com o escritor. Miguel Gonçalves Mendes mostra o José que havia em Saramago.
Esta distinção vem confirmar o entusiasmo com que o filme foi recebido pelo público brasileiro, já depois de ter sido projectado no Festival de Cinema do Rio. A estreia nas salas brasileiras teve no dia 5 de Novembro, em mais de dezasseis cidades brasileiras.
Em Portugal, a ante-estreia está marcada para o dia 16 de Novembro, pelas 22 Horas, no Cinema São Jorge e a estreia oficial para o dia 18 de Novembro, data em que o Lux-Frágil recebe, pelas 24 Horas, o concerto de apresentação da banda sonora da película. Os possuidores de bilhete para o filme no dia da estreia terão acesso gratuito ao concerto.

in Fundação José Saramago

Consulta o nosso post publicado no dia 18 de Junho de 2010.

Achei interessante pois foram ditas coisas das quais os alunos não tinham  conhecimento. As leituras tinham tudo a ver com a apresentação e ficámos mais interessados ao ouvir pequenos excertos das obras de Saramago. Foi divertido e espero que volte a haver mais palestras destas.

Raquel 8º E

A minha opinião sobre o encontro para falar de Saramago é que foi muito produtivo. Acho que neste tipo de encontros o principal objectivo elevar as pessoas a ficarem interessadas pelo assunto referido e espero que haja mais actividades deste género não só porque contribuem para a cultura literária das pessoas mas também para ficarmos a conhecer um pouco aquilo que o nosso país tem ou teve para nos oferecer.

Carolina 8º E

Na minha opinião, este encontro de homenagem a José Saramago, um grande escritor português, foi bastante interessante e educativo. Com efeito, é de extrema importância falarmos deste escritor uma vez que foi um marco importante na literatura portuguesa, tendo inclusivamente ganho o prémio Nobel da Literatura.

Lourenço 8º C

Fiquei a saber mais sobre a vida interessante de José Saramago. O que mais me marcou foi a frase que ele disse quando recebeu o prémio Nobel da Literatura, em que refere que a pessoa mais culta que conheceu não sabia ler nem escrever. Penso que o powerpoint estava bem organizado. O filme que vimos sobre «A mais bela flor do mundo» não me despertou muito interesse mas, no geral, gostei.

Gonçalo Coutinho 8º C

Gostei do powerpoint que vimos, principalmente das mensagens a amarelo. Durante a sessão senti muitos sentimentos e devo dizer que gostei de lá estar. A parte de que mais gostei foi quando a nossa professora de português leu o texto «Carta para a minha avó Josefa». Nunca li nenhuma obra deste escritor. Gostei do filme «A maior flor do mundo» pois retrata a desflorestação provocada pelo homem.

Catarina 8ºC

Achei interessante pois antes desta actividade apenas sabia que Saramago tinha ganho o prémio Nobel da Literatura em 1998 e conhecia alguns livros (um deles «A maior flor do mundo» que me foi oferecido em criança). O que mais me impressionou foi o facto de Saramago não ter grandes estudos ( ele próprio disse que os seus professores eram os seus livros).

Diana 8º C

No dia 25 de Novembro, a nossa turma teve uma sessão sobre Saramago, grande escritor português. Eu gostei muito e acho que nos ensinou e despertou-nos o interesse este escritor. Aquilo de que mais gostei foi dos textos lidos na sessão e as frases dele que me marcaram. Só ouvia falar mal de Saramago, ora porque não sabia escrever livros ora porque não tinha o direito de desrespeitar os cristãos mas, com apenas esta sessão, percebi que não é assim. Acho que agora, um bom desafio seria ler um livro deste escritor, José Saramago. Acho também que as professoras Maria João e Fátima Conceição prepararam muito bem a sessão.

Madalena 8º C

Concurso Nacional de Leitura

 O Concurso Nacional de Leitura 2010 2011 está aí!

Este ano é o segundo ano em que a nossa Escola vai concorrer ao Concurso Nacional de Leitura, promovido pelo Plano Nacional de Leitura!
Este Concurso é dirigido aos alunos do 3º Ciclo do nosso Agrupamento de Escolas.

As obras para o Concurso e disponíveis para requisição, são as seguintes:
O Tesouro, de Eça de Queirós
Cão como nós, de Manuel Alegre 

A prova desta 1ª Fase será no dia 5 de Janeiro de 2011!

A 1ª Fase terminará a 14 de Janeiro de 2011.

Leiam o Regulamento, inscrevam-se junto das vossas Professoras de Língua Portuguesa até ao dia 10 de Dezembro.

Livro | José Luís Peixoto

No dia 4 de Novembro, o escritor José Luís Peixoto apresentou a sua última obra intitulada Livro, na Livraria Bertrand (CC Dolce Vita), em Coimbra.
O seu discurso e a leitura de passagens da obra pelo escritor envolveram o público presente nas reflexões do autor sobre esta história, com um título particular e revelador no final e, cujo assunto, conduzindo a tantos outros, incidia na emigração portuguesa para França nos anos 60, experiência vivida pelos seus pais. Foi uma sessão conduzida por um humor que nos fez sorrir  e meditar.
A Biblioteca Escolar assistiu a este evento e adquiriu o Livro, desde já disponível para requisição domiciliária.

Boa leitura!

A visitar
José Luís Peixoto
José Luís Peixoto |facebook
Entrevista SIC
RTP




Adeus, José Saramago

 

Hoje é um dia muito triste para a literatura mundial – José Saramago  faleceu aos 87 anos de idade, na sua residência em Lanzarote, na companhia da sua família, despedindo-se de uma forma serena e tranquila.

O único prémio Nobel da Literatura Portuguesa foi galardoado no ano de 1998. O escritor português também ganhou o prémio Camões, a mais importante distinção literária que Portugal pode atribuir.

Obrigada, José Saramago.

Revisitem  A viagem do elefante

e a maravilhosa história A maior flor do mundo

                       Y se las historias para niños fueram
                       de lectura obligatoria para los adultos?

                      Seriamos realmente capaces de aprender
                      lo que, hace tanto tiempo venimos enseñando?”

        “A flor mais grande do mundo” de José Saramago
        numa curta-metragem de Juan Pablo Etcheberry na voz do seu autor

e também em português

Os nossos escritores | José Júnior – Quando for grande

No âmbito das actividades desenvolvidas na disciplina de Língua Portuguesa, da turma  CEF2 1ºano, os nossos alunos
escreveram alguns poemas. Aqui está um deles!

Quando for grande

 
Quando for grande

Quero ser um jogador

Seja no que for

Quero jogar de manhã à noite

Seja com que for

Mas agora quero estudar

Para ser um doutor

Tenho muito em que pensar

Para as pessoas ajudar.

Mas, para isso alcançar,

Terei muito que estudar!

Mas digo-vos desde já!

Estou aqui

Para brincar…

 José  Júnior | CEF2 1ºano | nº10

Este poema sugere-nos um outro de Ricardo Reis, um dos heterónimos do escritor Fernando Pessoa (1888 – 1935) . Vamos conhecê-lo!

    “Para ser grande, sê inteiro: nada

              Teu exagera ou exclui.

                      Sê todo em cada coisa. Põe quanto és

                      No mínimo que fazes.

                      Assim  em cada lago a lua toda 

              Brilha, porque alta vive.”

4 de Junho de 2010 | Encontro com o Escritor João Manuel Ribeiro | Amo-te: poemas para gritar ao coração

3 de Junho de 2010 | In Memoriam de João Aguiar

In Memoriam | João Aguiar

O escritor João Aguiar faleceu aos 66 anos, no dia 4 de Junho de 2010, vítima de cancro. Segundo o seu editor, ficou por publicar o livro em que o autor estava empenhado nos últimos tempos.

 João Casimiro Namorado de Aguiar nasceu a 28 de Outubro de 1943 e viveu a infância entre Lisboa – a sua cidade-natal – e a Beira, em Moçambique. Licenciou-se em Jornalismo pela Universidade Livre de Bruxelas e iniciou-se na RTP, em 1963, mais tarde trabalhou em vários jornais. Os livros «O Bando dos Quatro» e «A Voz dos Deuses» tornaram-no conhecido do grande público.
João Aguiar escreveu mais de duas dezenas de romances e criou duas séries de televisão destinadas ao público mais jovem – «Sebastião e os Mundos Secretos» e o «Bando dos Quatro», no qual ele próprio figura na personagem do Tio João
O último livro foi publicado em 2008, com o título “O Priorado do Cifrão”. Estava agora a preparar um livro sobre a revolta popular de 1383, que levou o Mestre de Avis, futuro D. João I, ao trono, obra que não chegou a ser concluída.
Num texto que escreveu para o «Jornal de Letras» em 2005, João Aguiar contava que «A minha vida não dava um livro, e ainda bem. Em compensação, o facto de os meus livros darem uma vida – boa ou má, não importa para o caso -, devo-o aos momentos de não-glória que acabo de relatar.».
Na mensagem enviada à família e também já pública no site oficial da presidência, o Presidente da república, Cavaco Silva afirma que através dos seus romances, João Aguiar deu um contributo importante para a divulgação da nossa história, sobretudo, entre as gerações mais novas.

%d bloggers like this: