6 de março de 2020 | Palestra | Dr.ª Célia Oliveira – Romanização e presença romana em Portugal | Semanas da Leitura

No próximo dia 6 de  março vai decorrer, desta vez na Biblioteca Escolar da EB 2,3 Alice Gouveia, mais uma Palestra subordinada ao tema Romanização e presença romana em Portugal, dinamizada pela Dr.ª Célia Mafalda de Oliveira, Presidente da Associação de Professores de Latim e Grego, destinada à turma do 7.ºD, numa organização e articulação da BE e da área disciplinar de História. Esta iniciativa que se realiza das 11 horas às 11h45, está integrada nas Semanas da Leitura.

28 de fevereiro de 2020 | Palestra | Dr.ª Célia Oliveira – Romanização e presença romana em Portugal

 

No próximo dia 28 de fevereiro vai decorrer, na Biblioteca Escolar da EB 2,3 de Ceira, uma Palestra subordinada ao tema Romanização e presença romana em Portugal, dinamizada pela Dr.ª Célia Mafalda de Oliveira, Presidente da Associação de Professores de Latim e Grego, destinada a turmas do 7.º ano, numa organização e articulação da BE e da área disciplinar de História. Esta iniciativa está integrada nas Semanas da Leitura.

10:15 – 11:00 –  7.º AC | 7.º BC

A nossa convidada, como já foi mencionado, é Presidente da Associação de Professores de Latim e Grego (APLG) desde 2019, tendo sido antes Vice-Presidente da mesma associação. Nesta Associação tem desempenhado um excelente papel como divulgadora da Cultura e Línguas Clássicas, sendo formadora no seu Centro de Formação Contínua de Professores. Tem feito sessões para alunos e professores em diversas escolas sobre temas de cultura clássica.

Tem colaborado com o Ministério da Educação, nomeadamente na elaboração das Aprendizagens Essenciais de Latim e Grego de que é co-autora e com o IAVE.

É doutoranda em Estudos Clássicos, variante de Mundo Antigo, na Faculdade de Letras (Universidade de Coimbra).

Tem participado em colóquios e Congressos com comunicações na área da didáctica das Línguas Clássicas e da Cultura greco-latina.

Possui uma Pós-Graduação em Gestão de Bibliotecas Escolares, no ISLA (Instituto Superior de Línguas e Administração) e uma outra Pós-Graduação no Curso do 2.º Ciclo “Pós-Graduação em Bibliotecas e Animação da Leitura”, na  Escola Superior de Educação de Coimbra (Instituto Politécnico de Coimbra), fazendo parte da equipa Equipa da Biblioteca Escolar da Escola Secundária D. Duarte.

Fica aqui o convite para a visita ao Museu PO.RO.S – Portugal Romano em Sicó , localizado em Condeixa-a-Nova.

12 de dezembro de 2018 | Oficina “Aníbal Milhais, Um herói chamado Milhões”

No próximo dia 12 de dezembro, realizar-se-á na Biblioteca Escolar da EB 2,3 de Ceira uma sessão/oficina dinamizada pelo ator Diogo José Marques Carvalho  intitulada “Aníbal Milhais, um herói chamado Milhões”, no âmbito da comemoração do Centenário do Armistício da I Guerra Mundial. Terá o seu início às 12 horas e o público-alvo é uma turma de 6.º ano.

Salientamos que Diogo Carvalho, produtor artístico e professor de teatro, dará voz a Aníbal Milhais, soldado de baixa estatura mas de alta valentia, facto que lhe valeu o cognome de Milhões, pelo seu heróico desempenho na I Guerra Mundial, mais precisamente na Batalha de Lys. Homem de coragem invulgar e de fé inabalável elevou alto o nome de Portugal: «Ali ficou, pronto para tudo, até para morrer por aquilo em que acreditava». Esta é uma iniciativa da Imprensa Nacional-Casa da Moeda desenvolvida a partir da coleção “Grandes Vidas Portuguesas”, edição Pato Lógico, dedicada às vidas de personalidades que se destacaram em vários domínios da nossa história.

novembro 2018 | Exposição Centenário do Final da I Guerra Mundial

 

Está patente no átrio da Biblioteca Escolar da EB 2,3 Alice Gouveia uma mostra de trabalhos realizados pelos alunos do 9.º ano no âmbito da disciplina de História, alusiva à comemoração do Centenário do Final da I Guerra Mundial.

Para saber mais, visita o sítio da RTP Ensina e visiona os seguintes documentos vídeo.

 

 

20 de abril de 2018 – Clássicos em rede com a Prof. Doutora Luísa de Nazaré Ferreiraf


cof

20 de abril — Clássicos em rede!

Palestra com a Prof. Doutora Luísa de Nazaré Ferreira, docente e investigadora na FLUC. O assunto foi “A criança na Atenas Clássica” e os alunos do 7. Ano estiveram atentos , colocaram perguntas e a sessão decorreu em diálogo com a excelente comunicadora que considerou, no final deste encontro, as perguntas pertinentes que os alunos colocaram, o espírito crítico, o interesse e a curiosidade que demonstraram. Agradecemos os objetos que a nossa palestrante teve o cuidado de trazer para os alunos observarem e a sua simpatia, rigor e clareza com uma disponibilidade ímpar! Os alunos agradecem, bem como a AD de História e também a Biblioteca Escolar por mais esta oportunidade em (re)conhecer esta importante civilização que se perpetuou e está espelhado no Património Cultural, na nossa língua, sociedade na atualidade. Ler mais, aprender mais para SER mais em liberdade!

Continuar a ler

21 de março de 2018 | Palestra – Dr.ª Célia Oliveira – Romanização e presença romana em Portugal | Programa Clássicos em rede | Parceria

No próximo dia 21 de março vai decorrer, na Biblioteca Escolar da EB 2,3 Alice Gouveia, uma Palestra subordinada ao tema Romanização e presença romana em Portugal, dinamizada pela Dr.ª Célia Oliveira, Vice-Presidente da Associação de Professores de Latim e Grego, destinada a turmas do 7.º ano, numa organização e articulação da BE e da área disciplinar de História.

Esta iniciativa resulta do programa Clássicos em rede desenvolvido, em parceria, pela Rede de Bibliotecas Escolares, pelo Centro de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (CEC-FLUL) e pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra – Instituto de Estudos Clássicos, que também é uma das parcerias neste projeto, sendo uma iniciativa integrada nas Semanas da Leitura.

12:00 – 12:45 –  7.º A | 7.º B

Entretanto, visita o Museu PO.RO.S – Portugal Romano em Sicó , localizado em Condeixa-a-Nova, com alguns dos seus vídeos de divulgação.

 

M&A Digital Marketing |, publicado a 30 de maio de 2017.

Exposição “Mitologia Grega” | História | 7.ºD e 7.ºE

Está patente no átrio do bloco A a exposição “Mitologia Grega“, com trabalhos realizados pelos alunos do 7.ºD e 7.ºE, sob a orientação da professor Joaquim Santos, no âmbito da disciplina de História. São vários os deuses revisitados e algumas curiosidades que nos informam e nos ensinam ainda sobre a Antiguidade Clássica. A visitar!

Notícia do Clube e Leitur@s |Autoria | Aluna do 5.º ano

27 de Janeiro | Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto | 24 de janeiro a 2 de fevereiro de 2018 | Clube de leitur@s!

A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) criou o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto e instituiu o dia 27 de Janeiro para homenagear e lembrar os 6 milhões de judeus exterminados e outras vítimas do nazismo durante a Segunda Guerra Mundial.

Foi no dia 27 de janeiro de 1945 que ocorreu a libertação, pelas forças aliadas, dos presos do campo de concentração de Auschwitz-Birkenau –  Polónia.

Os horrores da segunda guerra mundial deram lugar a um dos fundamentos da Carta dos Direitos Humanos, que menciona no artigo 2.º:

“Todos os seres humanos podem invocar os direitos e as liberdades proclamados na presente Declaração, sem distinção alguma, nomeadamente de raça, de cor, de sexo, de língua, de religião, de opinião política ou outra, de origem nacional ou social, de fortuna, de nascimento ou de qualquer outra situação.”

Visita a exposição bibliográfica que decorre de 24 de janeiro a 2 de fevereiro de 2018 nas BE das EB 2,3 Alice Gouveia e Ceira, assinalando a data de 27 de janeiro de 1945. Decorrerão algumas leituras imprevistas!

 

Clube de leitur@s!

Foram muitos os livros apresentados por alguns alunos e professores da escola EB23 Alice Gouveia. Invadiram as salas durante dois dias com histórias para assinalar o dia 27 de janeiro – Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto.

Aqui estão algumas delas:

– O Caderno do Avô Heinrich, de Conceição Dinis Tomé

– Aristides O Semeador de Estrelas, de Ana Cristina Luz

-O Diário de Anne Frank, de Anne Frank

– Se isto é um homem, de Primo Lévi

Sendo relatada por nós, sentimos muito nervosismo, por irmos falar de uma data muito importante, subvalorizada pela maior parte das pessoas, a uma turma inteirinha. Da nossa responsabilidade, ficou “Aristides O Semeador de Estrelas”. Nesta história, o cônsul Aristides de Sousa Mendes, diplomata português, arriscou o seu emprego, a vida e o futuro da sua numerosa família, para salvar a vida mais de 30 mil pessoas com um simples visto que lhes permitiu fugir do horror da guerra e atravessar o Atlântico.

Não se sabe quantas pessoas ao certo sobreviveram e que devem as suas vidas a pessoas como Aristides, mas sabemos que muitas vieram a Portugal para agradecer o facto das suas famílias terem continuado a existir.

Gostámos de ler este conto por ter sido uma experiência diferente e achamos que os nossos colegas também gostaram. Podem ir sempre à Biblioteca escolar, ver as obras e DVDs que estão em exposição para nunca esquecerem que 27 de janeiro de 1945 foi uma data que nunca se deve repetir.

19 de janeiro de 2016 | Palestra “Jogos Olímpicos” |Profª Doutora Carmen Isabel Leal Soares

ciclo_de_palestras_FLUC_AECS

Realizou-se, na Biblioteca Escolar da EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia, durante o mês de janeiro, um Ciclo de Palestras intitulado “À descoberta da Grécia Antiga”, graças à colaboração do Instituto de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e destinado aos alunos do sétimo ano – disciplina de História.

Hoje ,  dia 19 de janeiro, às 15:30, efetuar-se-á a terceira palestra sobre os “Jogos Olímpicos”, dinamizada pela Profª Doutora Carmen Isabel Leal Soares, dirigida aos alunos dos 7.º A e 7.º F.

Este Ciclo de Palestras é organizado pela área disciplinar de História em parceria com a Biblioteca Escolar.

11, 14 e 19 de janeiro de 2016 | Ciclo de Palestras “À descoberta da Grécia Antiga”

Vai realizar-se, na Biblioteca Escolar da EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia, durante o mês de janeiro, um Ciclo de Palestras intitulado “À descoberta da Grécia Antiga”, em colaboração com o Instituto de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Terão lugar três sessões que abordarão algumas temáticas sobre a sociedade e a cultura da Grécia Antiga, destinadas aos alunos do sétimo ano – disciplina de História.

ciclo_de_palestras_FLUC_AECS

No próximo dia 11 de janeiro, pelas 14:30, decorrerá a primeira palestra intitulada “Ser Criança na Grécia Antiga”, dinamizada pela Profª. Doutora Luísa de Nazaré Ferreira, para os alunos dos 7.º B e 7.º E.

No dia 14 de janeiro, pelas 11:00, “Democracia na Grécia Antiga” será o título da segunda palestra, apresentada pelo Prof. Doutor Delfim Ferreira Leão e destinada aos alunos dos 7.º C e 7.º D.

No dia 19 de janeiro, às 15:30, efetuar-se-á a terceira palestra sobre os “Jogos Olímpicos”, dinamizada pela Profª Doutora Carmen Isabel Leal Soares, dirigida aos alunos dos 7.º A e 7.º F.

Este Ciclo de Palestras é organizado pela área disciplinar de História em parceria com a Biblioteca Escolar.

 

 

7 de março 2014 | Aristides de Sousa Mendes na voz de Sónia Louro

sonia louro

No próximo dia 7 de março, pelas 14 horas, a escritora Sónia Louro estará mais uma vez no nosso Agrupamento de Escolas.

Desta vez, o Encontro com esta Escritora será na Biblioteca da Escola EB 2,3 de Ceira para nos apresentar o seu livro “O Cônsul desobediente” que nos relata a história de Aristides de Sousa Mendes, um homem que salvou 30000 vidas durante a Segunda Guerra Mundial, desafiando Salazar e sendo, por isso, perseguido até ao final dos seus dias.

Esta atividade é dirigida aos alunos do 9.ºA/C,  9.ºB/C  e8.ºA/C em articulação com a disciplina de História. Estarão livros disponíveis para venda e  sessão de autógrafos.

Estão patentes na BE duas exposições: uma bibliográfica e uma outra biográfica.

Depois de «Viriato, o Filho Rebelde» e «A Vida Secreta de D. Sebastião», Sónia Louro, através da editora Saída de Emergência, homenageia o homem que, sozinho e contrariando ordens superiores, mais vidas salvou do holocausto nazi e que ficou na História como o herói que desafiou Salazar, pondo em risco a sua vida e da própria família ao trocar uma carreira consular de sucesso pela salvação dos milhares de refugiados, de diversas nacionalidades, incluindo judeus, que lhe suplicaram, enquanto Cônsul em Bordéus durante a segunda guerra mundial, a concessão de vistos de entrada em Portugal.

De salientar igualmente a publicação das obras: “A Verdadeira Peregrinação” sobre Fernão Mendes Pinto em 2010 e da obra “Amália : o romance da sua vida” em setembro de 2012.

Está igualmente disponível para visionamento o filme  «Aristides de Sousa Mendes – O Cônsul de Bordéus», de 2011,  realizado por  Francisco Manso e João Correa.

Aqui está o trailler:

Aristides de Sousa Mendes – O Cônsul de Bordéus , revisita a extraordinária história do diplomata português que salvou mais de 30.000 vidas durante a Segunda Guerra Mundial e desvenda a consciência e coragem de um homem que ousou desafiar Salazar inscrevendo o seu nome na história da humanidade. Um filme obrigatório sobre um herói português!
Durante a ocupação de França pelas tropas nazis, dezenas de milhares de refugiados procuraram o consulado português em Bordéus, na esperança de aí obterem um visto para Portugal. Sousa Mendes viveu um terrível dilema: se concedesse vistos, contrariando uma circular de Salazar, arriscava a carreira diplomática e o sustento da sua família; se não o fizesse, todos aqueles milhares de pessoas teriam como destino os campos de concentração nazis.

Ficha Técnica:

Título: «Aristides de Sousa Mendes – O Cônsul de Bordéus»
Título original: «Aristides de Sousa Mendes – O Cônsul de Bordéus»
Realização: Francisco Manso, João Correa
Elenco: Carlos Paulo, João Cabral, Laura Soveral, Leonor Seixas, São José Correia, Vítor Norte
Género: Drama
País: Portugal
Ano: 2011

27 de Janeiro | Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto

Diapositivo1

 Dia Internacional em Memória do Holocausto – Aprender com o Passado, Ensinar para o Futuro. Este webinarconstitui uma iniciativa de evocação do Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto que anualmente se comemora no dia 27 de janeiro, convidando as escolas a associar-se a esta evocação. Aborda o seu significado e atualidade, bem como a importância do seu ensino. Neste contexto, são apresentadas sugestões de acesso a informação atualizada e a novos recursos didáticos, como contributos de apoio ao ensino do Holocausto, tema obrigatório expresso nos programas e metas curriculares de diversas disciplinas do currículo dos ensinos básico e secundário, em especial na disciplina de História, no sentido de permitir aos nossos alunos uma aquisição de saberes significativos e o desenvolvimento de capacidades e atitudes de responsabilidade, de respeito e de tolerância no quadro dos Direitos Humanos. Owebinar apresenta, ainda, a Memoshoá – Associação Memória e Ensino do Holocausto, destacando os seus objetivos, atividades desenvolvidas e projetos em curso.

Esther Mucznik
Esther Mucznik
É Vice-Presidente da Comunidade Israelita de Lisboa (CIL) e fundadora, em 1994, da Associação Portuguesa de Estudos Judaicos. Presidente e fundadora, em 2008, da Memoshoá – Associação Memória e Ensino do Holocausto e membro da Comissão Nacional de Liberdade Religiosa. Estudiosa das questões judaicas, tem coordenado cursos e seminários sobre história e cultura judaica e publicado numerosos trabalhos sobre estas temáticas, entre os quais “Grácia Nasi, A judia portuguesa do século XVI que desafiou o seu próprio destino”, e “Portugueses no Holocausto”, ambos na editora Esfera dos Livros, respetivamente em 2010 e 2012. Foi também co-coordenadora do Dicionário do Judaísmo Português, publicado em 2009 pela Editorial Presença.

Ricardo Presumido
Ricardo Presumido
Licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e Pós-Graduado em História Contemporânea pela mesma Universidade. Membro do Núcleo de Investigação Histórica, Os Fazedores de Letras, participou nos projetos de investigação sobre Memória da Imprensa Estudantil Universitária e Dicionário do Centenário da Implantação da República. É professor de História do Ensino Básico e Secundário, Vice-Presidente e fundador, em 2008, da Memoshoá – Associação Memória e Ensino do Holocausto e investigador nas temáticas da Segunda Guerra Mundial e Holocausto.

 Visitem as Exposições e conheçam ou revisitem os livros e filmes que as as duas Bibliotecas dos 2.º e 3-º Ciclos possuem sobre esta temática.

Na escola sede está patente um exposição sobre Aristides de Sousa Mendes, além de livros e filme –  Diplomata português que durante a II Guerra Mundial salvou mais de 30.000 vidas da perseguição Nazi, em 1940, no que é considerado como a maior acção de salvamento empreendida por uma pessoa individual. 

A história que se segue é para que nunca nos esqueçamos e para que aprendamos com o passado e construamos um Futuro melhor.

Queria voar como uma Borboleta | Memórias de uma infância durante o holocausto – A história de Jana Gofrit

A Forma Justa

Sei que seria possível construir o mundo justo
As cidades poderiam ser claras e lavadas
Pelo canto dos espaços e das fontes
O céu o mar e a terra estão prontos
A saciar a nossa fome do terrestre
A terra onde estamos — se ninguém atraiçoasse — proporia
Cada dia a cada um a liberdade e o reino
— Na concha na flor no homem e no fruto
Se nada adoecer a própria forma é justa
E no todo se integra como palavra em verso
Sei que seria possível construir a forma justa
De uma cidade humana que fosse
Fiel à perfeição do universo

Por isso recomeço sem cessar a partir da página em branco
E este é meu ofício de poeta para a reconstrução do mundo

Sophia de Mello Breyner Andresen  (1919-2004)

In “O Nome das Coisas”

%d bloggers like this: