julho 2020|IDEIAS de Leitura

pnl_sugestões leitura

Podes sugerir e partilhar as tuas leituras no Então, faz a sua sugestão no padlet “Leituras(im)previstas ON!”

Julho a LeR+! | PNL | Somos de Muitas Cores | Leitur@as em férias!

Aqui estão as sugestões do Plano Nacional de Leitura!

Já leste algum destes livros? Então, faz a sua sugestão no padlet “Leituras(im)previstas ON!”

Clicar sobre a imagem para aceder às sugestões de leitura “Somos de muitas cores.”

 

Ler é viajar (sem) sair do lugar!              Boas leituras!

1 e 2 de junho de 2020 | Oficina “Fernando Pessoa” com o ator Diogo de Carvalho

Nos próximos dias 1 e 2 de junho de 2020, realizar-se-ão, duas Oficinas de Escrita sobre o escritor Fernando Pessoa dinamizadas pelo ator, produtor e formador e docente no ensino superior Diogo José Marques Carvalho que mais uma vez estará connosco, desta vez em videoconferência através do Aplicativo Google Meet.

Partindo da obra Fernando Pessoa. O Menino Que Era Muitos Poetas, da autoria de José Jorge Letria, com ilustração de João Fazenda, o nosso convidado dinamizará diferentes sessões, sensibilizando os alunos para a criatividade, emoção e a importância da escrita como forma de expressão artística, apresentando a obra deste importante escritor da literatura portuguesa e os seus heterónimos.

As sessões destinam-se às turmas 5.ºD e 5.ºC, integrando-se no trabalho colaborativo entre a BE e AD de Português.

1 de junho – 10:30 – 5.ºD

2 de junho – 10:30 – 5.ºC

Este é mais um projeto da Imprensa Nacional-Casa da Moeda desenvolvido a partir da coleção “Grandes Vidas Portuguesas”, edição Pato Lógico/INCM e dedicado às vidas de personalidades que se destacaram em vários domínios da nossa história, sendo a obra referida recomendada pelo Plano Nacional de Leitura.

 

 

ESTOU @ LER! | Passatempo no Instagram!

Todos os artigos

Para aceder ao passatempo e regulamento clicar sobre a imagem!

Este passatempo já está a decorrer no nosso instagram | https://www.instagram.com/be_coimbra_sul/

O seu feed está do lado esquerdo ao alto.

 

11 de dezembro de 2019 | Vamos Viver o Natal com S. Tomé e Príncipe!

No dia 11 de dezembro, entre as 10:45 e as 11:45, celebrou-se o Natal, numa partilha emocionante entre a BE da Escola Portuguesa de S. Tomé e Príncipe e a BE da EB 2,3 Alice Gouveia, em Coimbra. “Vamos viver o Natal”, uma iniciativa do Serviço de Apoio à Bibliotecas Escolares em colaboração com a Rede de Bibliotecas de Coimbra, um desafio de ilustração de Postais de Natal, a partir de leituras sobre esta época, foi a inspiração para esta partilha de leituras, de imagens, de música e de tradições dos dois países. Os pais de um aluno do 5.ºB estiverem também presentes e tornaram ainda mais especial e doce este momento com o seu testemunho, acompanhado de filhós.

É a alegria de conhecer outras realidades e costumes, que nos dá mais mundo e mais coração para (nos) lermos com o outro. Muitos parabéns a todos os alunos e às professoras de Educação Visual, Português, Educação Musical e Diretora de Turma e aos pais participantes que tornaram possível este encontro intercultural na e com a biblioteca escolar. Um agradecimento muito especial à Coordenadora Interconcelhia da Rede de Bibliotecas Escolares – Dra. Helena Duque que esteve connosco e também participou nesta rede e, claro, à Professora Bibliotecária da Escola Portuguesa de STP – Dr.ª Dina Mendes e aos professores e alunos que se empenharam com muito entusiasmo nesta aventura com leituras sempre diferentes e enriquecedoras para todos.

Boas Festas e um Feliz Natal!

PB Maria João Caldeira e PB Dina Mendes

#hojeleitoramanhaleitor | PALAVRAS AUDÍVEIS | Podcast PNL | Semanas da Leitura | BE da EB 2,3 Alice Gouveia

Hoje, vamos ouvir “As ondas” ! Foi lido por uma aluna do 6.ºA.

Vamos ler/ver/ouvir?

AS ONDAS

As ondas quebravam uma a uma
Eu estava só com a areia e com a espuma
Do mar que cantava só para mim.

In Coral, 1950

#hojeleitoramanhaleitor

11 a 15 de fevereiro de 2019 | Semana dos Afetos!

1 de fevereiro | Dia Mundial da Leitura em Voz Alta | BE da EB 2,3 Alice Gouveia

E a leitura em voz alta aconteceu Dia Dia Mundial da Leitura em Voz Alta!

Vamos ver/ouvir?

 

Olimpíadas da Cultura Clássica! | EB 2,3 Alice Gouveia | EB 2,3 de Ceira

As Olimpíadas da Cultura Clássica são um concurso dirigido aos alunos dos ensinos básico e secundário. Pretende-se estimular o conhecimento e a curiosidade com desafios que apelam à escrita, à expressão artística e ao domínio de ferramentas digitais.
As EB 2,3 Alice Gouveia (3.º Ciclo) e EB 2,3 de Ceira (2.º Ciclo) aderiram com entusiasmo a esta iniciativa que apresentou duas modalidades: um desafio de Arte/Multimédia e uma prova escrita sobre Mitologia Clássica. As duas escolas participaram no primeiro desafio, realizando trabalhos multimédia, utilizando várias ferramentas digitais e, na EB 2,3 Alice Gouveia, realizaram o desafio escrito proposto pela comissão organizadora desta iniciativa.

O júri reunido, selecionou os três melhores trabalhos de cada modalidade e escola, felicitando todos os alunos que participaram nesta aventura em torno da Mitologia Clássica!

 

Miúdos a Votos! | Campanha eleitoral! | EB 2,3 Maria Alice Gouveia

A campanha eleitoral já começou e são 4 os livros que, na EB 2,3  Maria Alice Gouveia, vão a votos!

Está atento, porque o dia 23 de abril é o grande dia!

Vai à Biblioteca e exerce o teu direito de voto!

De que cores são feitas as nossas leituras? | AE Coimbra Sul | Mural Pictórico

Agora que já viste o Padlet com as várias leituras dos participantes, aqui está a construção do mural  “De que cores são feitas as nossas leituras”, representado por um livro aberto com os produtos pictóricos que, em cada biblioteca escolar, foram  imaginados pelos vários participantes da nossa comunidade educativa.

Vamos ver de que cores são feitas as nossas leituras?

JI

Mural_CEQFLORES_JI

JI Quinta das Flores

1.º Ciclo

Mural_EBQFLORES_1CEB

EB Quinta das Flores

Mural_EBNMATOS_1CEB_2

Mural_EBNMATOS_1CEB_1

EB Norton de Matos

2.º Ciclo | 3.º Ciclo | Comunidade Educativa

EB 2,3 Alice Gouveia

De que cores são feitas as nossas leituras? | AE Coimbra Sul | Padlet

Ao longo dos meses de fevereiro e março vários foram os elementos da comunidade educativa que partilharam algumas das suas leituras, respondendo ao desafio proposto pela BE!

Vê no mural digital (Padlet) todas as escolhas dos que participaram nesta iniciativa!

No 3.º período, vamos dar acesso através de um link que permitirá que as nossas partilhas de leitura continuem  até ao fim do ano letivo.Não te esqueças de participar!

Vamos ver de que cores são feitas as nossas leituras?

JI

Made with Padlet

1.º CEB

Made with Padlet

2.º CEB 

Made with Padlet

3.º CEB  

Made with Padlet

Comunidade educativa

Made with Padlet

 

 

27 de Janeiro | Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto | 24 de janeiro a 2 de fevereiro de 2018 | Clube de leitur@s!

A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) criou o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto e instituiu o dia 27 de Janeiro para homenagear e lembrar os 6 milhões de judeus exterminados e outras vítimas do nazismo durante a Segunda Guerra Mundial.

Foi no dia 27 de janeiro de 1945 que ocorreu a libertação, pelas forças aliadas, dos presos do campo de concentração de Auschwitz-Birkenau –  Polónia.

Os horrores da segunda guerra mundial deram lugar a um dos fundamentos da Carta dos Direitos Humanos, que menciona no artigo 2.º:

“Todos os seres humanos podem invocar os direitos e as liberdades proclamados na presente Declaração, sem distinção alguma, nomeadamente de raça, de cor, de sexo, de língua, de religião, de opinião política ou outra, de origem nacional ou social, de fortuna, de nascimento ou de qualquer outra situação.”

Visita a exposição bibliográfica que decorre de 24 de janeiro a 2 de fevereiro de 2018 nas BE das EB 2,3 Alice Gouveia e Ceira, assinalando a data de 27 de janeiro de 1945. Decorrerão algumas leituras imprevistas!

 

Clube de leitur@s!

Foram muitos os livros apresentados por alguns alunos e professores da escola EB23 Alice Gouveia. Invadiram as salas durante dois dias com histórias para assinalar o dia 27 de janeiro – Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto.

Aqui estão algumas delas:

– O Caderno do Avô Heinrich, de Conceição Dinis Tomé

– Aristides O Semeador de Estrelas, de Ana Cristina Luz

-O Diário de Anne Frank, de Anne Frank

– Se isto é um homem, de Primo Lévi

Sendo relatada por nós, sentimos muito nervosismo, por irmos falar de uma data muito importante, subvalorizada pela maior parte das pessoas, a uma turma inteirinha. Da nossa responsabilidade, ficou “Aristides O Semeador de Estrelas”. Nesta história, o cônsul Aristides de Sousa Mendes, diplomata português, arriscou o seu emprego, a vida e o futuro da sua numerosa família, para salvar a vida mais de 30 mil pessoas com um simples visto que lhes permitiu fugir do horror da guerra e atravessar o Atlântico.

Não se sabe quantas pessoas ao certo sobreviveram e que devem as suas vidas a pessoas como Aristides, mas sabemos que muitas vieram a Portugal para agradecer o facto das suas famílias terem continuado a existir.

Gostámos de ler este conto por ter sido uma experiência diferente e achamos que os nossos colegas também gostaram. Podem ir sempre à Biblioteca escolar, ver as obras e DVDs que estão em exposição para nunca esquecerem que 27 de janeiro de 1945 foi uma data que nunca se deve repetir.

8 de junho de 2017 | Encontro com a escritora Milu Loureiro | BE da EB 2,3 Ceira

24 a 26 de maio de 2017 | JANKENPON – Workshops de banda desenhada!

 

Para conhecer e ler +!

27 de abril, 5 e 8 de maio de 2017 | Encontro com José António Franco

Dia Mundial do Livro 2017 | Cartoon de Cristina Sampaio

O Dia Mundial do Livro é comemorado, desde 1996 e por decisão da UNESCO, a 23 de Abril. Este ano associa-se aos 150 Anos da Abolição da Pena de Morte em Portugal.

Esta data foi escolhida com base na tradição catalã segundo a qual, neste dia, os cavaleiros oferecem às suas damas uma rosa vermelha de S. Jorge, e recebem em troca um livro, testemunho das aventuras do heroico cavaleiro. Em simultâneo, é prestada homenagem à obra de grandes escritores, como Shakespeare e Cervantes, falecidos em abril de 1616.

Em 2017, e porque se comemoram os 150 Anos da Abolição da Pena de Morte em Portugal http://150anosdaabolicaodapenademorteemportugal.dglab.gov.pt/, a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas quis relacionar o Dia Mundial do Livro com esta efeméride, incitando à leitura e celebrando o livro como um hino à vida .

O cartaz, um cartoon com conceção e design da ilustradora e cartoonista Cristina Sampaio http://www.cristinasampaio.com/pt/, pretende mostrar simbolicamente que o livro e a leitura são fatores fundamentais para o crescimento económico, político, social e cultural, e que se encontram na base da cidadania plena.

in DGLB

2 de abril de 2017 | Dia Internacional do Livro Infantil

 

No dia 2 de abril comemora-se em todo o mundo o nascimento de Hans Christian Andersen. A partir de 1967, este dia passou a ser designado por Dia Internacional do Livro Infantil, chamando-se a atenção para a importância da leitura e para o papel fundamental dos livros para a infância.

Para assinalar o Dia Internacional do Livro Infantil 2017, a DGLAB convidou o ilustrador João Fazenda, vencedor do Prémio Nacional de Ilustração do ano passado, para ser o autor da imagem do cartaz.

A mensagem do IBBY internacional, este ano da responsabilidade da Rússia, consta de um texto do escritor Sergey Makhotin e um cartaz do ilustrador Mikhail Fedorov. Pode ser encontrada em: http://www.ibby.org/awards-activities/activities/international-childrens-book-day/icbd-2017/?L=0

Vamos crescer com o livro, mensagem de Sergey Makhotin

VAMOS CRESCER COM O LIVRO! Na minha primeira infância, gostava de construir casas com pequenas peças e toda a espécie de brinquedos. Usava muitas vezes um livro ilustrado a fazer de telhado. Nos meus sonhos, entrava na casa, deitava-me na cama feita com uma caixa de fósforos e olhava para cima, para as nuvens ou para as estrelas do céu. A escolha dependia da ilustração que preferia na altura. Por intuição, segui as regras de vida das crianças que procuram criar um ambiente seguro e confortável à sua volta. E o livro infantil ajudou-me muito a atingir este objetivo. Depois cresci, aprendi a ler, e o livro, na minha imaginação, começou a assemelhar-se mais a uma borboleta, ou mesmo a um pássaro, do que ao telhado de uma casa. As páginas do livro pareciam asas que batiam. Era como se o livro, deitado no peitoril, quisesse sair pela janela aberta em direção ao desconhecido. Segurava-o com as mãos e começava a lê-lo, e o livro ia ficando cada vez mais calmo. Então eu próprio voava para outras terras e novos mundos, alargando o espaço da minha imaginação. Que alegria ter na mão um novo livro! De início, nunca sabemos sobre o que é que ele fala. Resistimos à tentação de saltar para a última página. E como o livro cheira bem! É impossível distribuirmos o seu cheiro pelos vários elementos que o compõem: tinta, cola… não, é impossível. Existe um cheiro particular no livro, um cheiro único e excitante. As folhas encontram-se coladas, como se o livro não tivesse ainda acordado. E ele só acorda quando começamos a lê-lo. Continuamos a crescer, e o mundo à nossa volta torna-se mais complicado. Enfrentamos questões a que nem os adultos sabem responder. No entanto, é importante partilhar dúvidas e segredos com alguém. E aí o livro volta a ajudarnos. Muitos de nós terão um dia pensado: este livro fala sobre mim! E a personagem favorita parece ser igual a nós. Tem problemas semelhantes, e resolve-os com dignidade. E há outra personagem que não é igual a ti, mas tu gostarias de seguir o seu exemplo, de ser tão corajoso e desembaraçado quanto ela. Quando há rapazes e raparigas que dizem “Não gosto de ler!”, isso faz-me rir. Não acredito neles. Comem gelados, jogam jogos e veem filmes interessantes. Dito de outro modo, gostam de se divertir! É que a leitura não serve apenas para desenvolver sentimentos e personalidades, ela é, acima de tudo, um prazer. É sobretudo com essa missão que os autores de livros para a infância escrevem os seus livros.

Sergey Makhotin (tradução de Mª Carlos Loureiro a partir da versão inglesa de Yana Shvedova)

Concurso Nacional de Leitura é na BM de Oliveira do Hospital! | 27 de abril!

O Concurso Nacional de Leitura  é uma iniciativa do Plano Nacional de Leitura e visa promover a leitura junto de alunos dos ensinos básico e secundário.

A Fase Distrital do Concurso Nacional de Leitura vai decorrer na Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital no dia 27 de abril!

O nosso Agrupamento terá seis representantes nesta 2.ª fase:

EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia

Bárbara G.
José M.
Joana A.

EB 2,3 de Ceira

Leonor P.
Joana B.
Matilde S.

Aqui estão as obras para esta fase distrital!

2 de abril de 2017 | Já leste um poema hoje? | A história do i

Revisitamos, no Dia Internacional do Livro Infantil,  um poema de Manuel António Pina.

A história do i

O i, número imaginário
com muita imaginação,
imaginara o cenário
para um filme de ficção.

A história começava
dentro de uma equação
de segundo grau, e o vilão
era uma raiz quadrada.

da fórmula resolvente
que assaltava à mão armada
um pobre x que passava,
roubando-lhe o expoente.

O herói, um matemático,
perseguia-a tenazmente
de equação em equação
até uma de quinto grau.

Aí, a raiz quadrada,
finalmente encurralada,
sem fórmula de esconder-se,
acabava por render-se.

A ideia era excelente,
o final um teorema.
Ficariam certamente
na História do Equacinema.

Mas o público queria
filmes de geometria,
ângulos obtusos, tangências,
estúpidas circunferências…

Por isso o i nunca mais
Se deu a fazer ficção.
Cedeu: «Não gasto imaginação
com números irracionais!»

Manuel António Pina (1943-2012), in “Pequeno livro de desmatemática”

1 de abril | Já leste um poema hoje? | Dose certa

Dose certa

 

Procuro a minha dose.

Quanto sou?

Que espaço ocupo?

Que tempo tomo?

Às vezes, sou demais, quase veneno.

Encho com excessivas palavras.

Melhor fora ser silencioso solvente.

Outras vezes devia ser mais presente.

Mais soluto.

Mais concentrado.

Sou micro -escala quando deveria gritar ao mundo toda a injustiça.

Meu sonho?

Ser tónico, não tóxico.

Procuro a

minha dose,

a dose certa…

 

João Paiva

Lê o ebook aqui!

31 de março | Já leste um poema hoje? | Temporal

28 de março de 2017 | Encontros + com Francisco Gil | BMC | 6.º D

27 de março | Já leste um poema hoje? | Porque

Porque

Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão
Porque os outros têm medo mas tu não

Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.

Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.

Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não.

Sophia de Mello Breyner Andresen, in “Mar novo”, 1958

26 de março | Já leste um poema hoje? | Os poetas

Os poetas

Nunca os vistes
Sentados nos cafés que há na cidade,
Um livro aberto sobre a mesa e tristes,
Incógnitos, sem oiro e sem idade?

Com magros dedos, coroando a fronte,
Sugerem o nostálgico sentido
De quem rasgasse um pouco de horizonte
Proibido…
Fingem de reis da Terra e do Oceano
(E filhos são legítimos do vício!)
Tudo o que neles nos pareça humano
É fogo de artifício.

Por vezes, fecham-lhes as portas
— Ódio que a nada se resume —
Voltam, depois, a horas mortas,
Sem um queixume.

E mostram sempre novos laivos
De poesia em seu olhar…

Adolescentes! Afastai-vos
Quando algum deles vos fitar!

Pedro Homem de Mello, O Rapaz da Camisola Verde

22 de março de 2017 | Concurso de Leitura Expressiva!

Concurso de Leitura Expressiva

21 de Março | Já leste um poema hoje? | Dia da Árvore, da Floresta e da Poesia!

O Dia Mundial da Poesia celebra-se todos os anos a 21 de março.

A data foi criada na 30.ª Conferência Geral da UNESCO, a 16 de novembro de 1999.

Este Dia Mundial da Poesia celebra a diversidade do diálogo, a livre criação de ideias através das palavras, da criatividade e da inovação. A data visa fazer uma reflexão sobre o poder da linguagem e do desenvolvimento das habilidades criativas de cada pessoa. Neste dia realizam-se várias atividades pelo país, sobretudo nas escolas, bibliotecas e espaços culturais.

A poesia contribui para a diversidade criativa, usando as palavras e os nossos modos de perceção e de compreensão do mundo.* in Calendarr. Neste dia também se comemora o Dia da Árvore e o Dia Mundial da Floresta!

Já leste um poema hoje? Até ao dia 2 de abril, Dia Internacional do Livro Infantil, poderás fazê-lo aqui!

Aqui está uma proposta de Jorge Sousa Braga e…boas leituras!

As árvores e os livros

As árvores como os livros têm folhas
e margens lisas ou recortadas,
e capas (isto é copas) e capítulos
de flores e letras de oiro nas lombadas.

E são histórias de reis, histórias de fadas,
as mais fantásticas aventuras,
que se podem ler nas suas páginas,
no pecíolo, no limbo, nas nervuras.

As florestas são imensas bibliotecas,
e até há florestas especializadas,
com faias, bétulas e um letreiro
a dizer: «Floresta das zonas temperadas».

É evidente que não podes plantar
no teu quarto, plátanos ou azinheiras.
Para começar a construir uma biblioteca,
basta um vaso de sardinheiras.

in “Herbário” | Disponível na BE!

Eu li! | Metro 2033 de Dmitry Glukhovsky | Leituras da BE!

A história retratada neste livro faz parte de mim. Só de pensar que comprei o livro pelo aspeto… Se não fosse a capa, provavelmente, hoje eu não estaria a escrever isto.

O livro é bastante emocionante, a história passa-se num futuro não muito longínquo (na minha opinião), após uma catástrofe nuclear que dizimou a maior parte da população humana.

Na Rússia, mas concretamente Moscovo, uma quantidade considerável de pessoas sobreviveu refugiando-se no metro.

O protagonista da história, Artyom, um dia para salvar a sua estação VDNKh começa uma jornada a Pólis (a capital subterrânea) onde vai tentar descobrir uma forma de destruir uma nova comunidade de mutantes que tem certas capacidades psíquicas. (Já agora ele acaba por salvar os habitantes do metro, mas vai sofrer bastante perdendo muitos dos amigos que faz durante a viagem).

Este livro é muito interessante provavelmente por ter muitas ligações com politica e história já que existem linhas de metro, chamados as Linhas Vermelhas que são governadas por Fascistas.

O “Metro 2033” teve um enorme sucesso, com cerca de 4 milhões de copias vendidas e até existe um jogo para computador e Xbox inspirado nesta história incrível.

Podes requisitar o livro na BE!

Miguel Rosmaninho

Links do jogo:

http://store.steampowered.com/app/286690/?l=portuguese

http://store.steampowered.com/app/287390/?snr=1_5_9__300

B 27 | Miúdos a Votos! | Campanha eleitoral! | EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia

B 27!

O Principezinho

Arquivos da RTP disponíveis para consulta!

Clica sobre a imagem e visita o site dos Arquivos da RTP que este ano comemora 60 anos de atividade!

Pesquisa e boas descobertas!

 

C 21 | Miúdos a Votos! | Campanha eleitoral! | EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia

Desta vez temos o livro “Harry Potter e os talismãs da morte”.

É o C 21!

C 20 | Miúdos a Votos! | Campanha eleitoral! | EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia

Agora vamos viajar com “Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban”!

 

B 28 | Miúdos a Votos! | Campanha eleitoral! | EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia

Vamos ouvir um excerto de “O rapaz de bronze”

É o B 28!

 

B 18 | Miúdos a Votos! | Campanha eleitoral! | EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia

Agora vamos ouvir esta Entrevista!

B 18

B 16 | Miúdos a Votos! | Campanha eleitoral! | EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia

Agora é a vez do B 16!

Miúdos a Votos! | Campanha eleitoral! | EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia

 

miudos_a_votos_fase-campanha

 

São 9 os livros que, na EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia, vão a votos!

Vamos conhecer um pouco mais estes livros pela voz dos seus defensores!

Este é o B 15!

2 de fevereiro de 2017 | Companhia de teatro AtrapalhArte | EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia

 

No dia 2 de fevereiro de 2017, as turmas do 6.º ano da EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia assistirão, na Biblioteca Escolar, à representação da peça “Ali-Babá e os quarenta ladrões” pela Companhia Profissional de Teatro AtrapalhArte, de Coimbra. Numa organização da Biblioteca Escolar e em parceria com a área disciplinar de Português, os alunos do 6.º ano (re)visitarão este conto pleno de aventuras e peripécias, em duas sessões: a primeira tem início às 10:30 e a 2.ª às 12:00! ali-baba

Na Islândia, a tradição do Natal é trocar livros!

Na Islândia, a tradição do Natal é trocar livros!

E se os presentes de natal fossem apenas livros? Essa é uma tradição na Islândia. O país tem o costume de comemorar o Natal com troca de livros. Além de evitar o consumismo exacerbado, a prática incentiva a leitura e promove a cultura.

Chamada também de “Terra do Gelo”, a Islândia está localizada no hemisfério norte, o que significa que a estação do Natal é no Inverno. O frio é um incentivo extra para que as famílias passem a noite de natal trocando e lendo seus novos livros, enquanto estão aquecidos dentro de suas casas.

Continuar a ler aqui!

 

Miúdos a votos! | Livros + fixes

miudosavotos

Numa iniciativa inédita, a Rede de Bibliotecas Escolares e a VISÃO Júnior organizam a eleição dos livros preferidos das crianças e jovens portugueses. A iniciativa conta ainda com o apoio da Comissão Nacional de Eleições, da Direção-Geral da Educação, do Plano Nacional de Leitura e da Pordata.

Às crianças e jovens, será dada a possibilidade, através de uma eleição realizada em todas as escolas, de votarem no livro + fixe, aquele que mais gostaram de ler até hoje. O processo será semelhante ao de umas eleições políticas, promovendo simultaneamente a leitura e a cidadania: haverá recenseamento, apresentação de candidaturas, campanha eleitoral, votação e escrutínio dos votos, organizados e participados por alunos.

Durante a campanha eleitoral, os alunos candidatos defenderão junto dos colegas os seus livros preferidos, podendo fazê-lo em comícios, cartazes, programas de rádio e televisão, sessões de esclarecimento, debates…

A iniciativa é aberta a todos os alunos do 1.º ao 9.º ano de escolaridade e decorrerá durante o ano letivo de 2016/2017. O resultado destas eleições, que apurará a lista dos livros que as crianças e jovens portugueses mais apreciam, segundo o ciclo de ensino que frequentam, será conhecido em abril, assinalando o Dia Mundial do Livro.

O Agrupamento de Escolas Coimbra sul já está inscrito e agora é a tua vez! Vamos lá participar!

Que livros podes apresentar nestas eleições? Todos os livros, sejam eles de prosa, poesia, banda desenhada ou teatro, podem ser candidatos. A escolha do livro candidato que concorrerá a estas eleições é tua.

Podes ler o REGULAMENTO e até 19 de dezembro decorre a fase de apresentação de candidaturas. Para tal, basta vires até à tua biblioteca e apresentar AQUI o livro que candidatas à eleição.

A tua professora bibliotecária está à tua espera para te apoiar nesta campanha!

mw-680

CALENDÁRIO:
Até 5 de dezembro
RECENSEAMENTO As bibliotecas escolares/escolas manifestam interesse em participar na iniciativa, preenchendo o formulário disponível aqui. – a BE já procedeu a esta etapa.

Até 19 de dezembro
APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Os alunos apresentam o livro que candidatam à eleição através do preenchimento do formulário disponível aqui.  – Dirige-te à Biblioteca Escolar e a Professora Bibliotecária dir-te-á o que fazer.

5 de janeiro
DIVULGAÇÃO DA LISTA DOS LIVROS CANDIDATOS A lista será divulgada na VISÃO Júnior online e no portal da RBE.

Entre 1 de fevereiro e 15 de março
CAMPANHA ELEITORAL Os partidários de cada livro defendem as suas ideias nas escolas. A VISÃO Júnior fará a cobertura da campanha eleitoral, no seu site e na revista.

17 de março
VOTAÇÃO Será feita em urna, na biblioteca da escola ou noutro espaço da escola.

Até 27 de março
ESCRUTÍNIO Contagem e registo dos votos. Os agrupamentos/ escolas enviam resultados da forma que lhes for indicada posteriormente.

23 de abril
APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS ELEITORAIS
Divulgação em cerimónia pública.

 

DESAFIO MUNICIPAL DE LEITURA COIMBRA ALER+ | 2.º Ciclo | Já começou!

Desafio Municipal de Leitura é uma iniciativa da Rede de Bibliotecas de Coimbra e visa promover o gosto pela leitura junto de alunos do 2.º ciclo do ensino básico, estando na sua 3.ª edição! 

As duas EB 2,3 do nosso Agrupamento vão participar, com obras diferentes, disponíveis nas BE.

Na EB 2,3 Ceira, a proposta será o conto “A árvore” de Sophia de Mello Breyner Andresen.

arvore

 

Na EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia, a proposta será o conto “O rapaz e o robô” de Luísa Ducla Soares.

o-rapaz

 

A prova realizar-se-á no dia 24 de janeiro de 2017 nas 2  BE ! Horário: 10:10 – 10:30.

Inscreve-te junto dos teus professores de Português ou na Biblioteca Escolar e…boas leituras!

orientacoes-desafiomun2016-17_2o-ciclo

Concurso Nacional de Leitura | Já te inscreveste?

O Concurso Nacional de Leitura 2016/2017 já começou!

logo_CNL

Esta é a 11.ª edição do Concurso Nacional de Leitura, promovido pelo Plano Nacional de Leitura e o oitavo ano em que a Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos Dr.ª Maria Alice Gouveia e a quinta vez em que Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos de Ceira participam nesta aventura de leituras!

Este Concurso, dirigido aos alunos do 3º Ciclo, apresenta três fases:

1.ª Fase – Escola – 24 de outubro de 2016 a 27 de janeiro de 2017
2.ª Fase – Distrital – 5 a 12 maio de 2017
3.ª Fase – Nacional – 12 de maio a julho de 2017

Alguns dados sobre a 1.ª fase:

 Inscrição
Os alunos interessados em participar no concurso deverão proceder à sua inscrição no balcão de atendimento da BE ou junto dos professores de Português até ao dia 12 de dezembro.

Data da Prova de Escola

17 de janeiro de 2017 das 10.15 às 10.45
Bibliotecas das EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia e EB 2,3 Ceira.
Horário: 10.15 – 10.45

 Divulgação dos seis vencedores (três alunos por escola participante)

25 de janeiro de 2017

Prova
Preenchimento de uma ficha de leitura (escolha múltipla e uma pergunta de desenvolvimento).

Obras

As obras para esta primeira fase do concurso serão as seguintes:

historia-de-uma-gaivota-e-do-gato

História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis Sepúlveda

arroz-do-ceu

Arroz do Céu, de José Rodrigues Miguéis

Estão disponíveis alguns exemplares nas bibliotecas escolares!

Concorre e boas leituras!

Consulta aqui  o Regulamento da 11.ª edição do Concurso Nacional de Leitura !

Lendo! | 8 de agosto | Dia Internacional do Gato!

LibraryCat19HR

Aqui estão algumas propostas de leitura!

Nas BE existem também guias e até um dicionário de gatês e português e é disponibilizado para melhor compreendermos os nossos felinos!

Clique sempre na imagem para aceder a mais informação!

9789898093820

9789720040923

9789720044808

 

9789722020244

 

9789724128221

 

350_9789895551057_amados_gatosf3527f_292a1efee6dc41e38453cfd6474e66b3

500_9789722114158_o_gato_e_o_escuro

 

350_9789892309583_cronicas_do_vampiro_valentim_o_gato_vampiro_e_outros_misterios

 

 

 

350_9789724140155_Os_Gatos_Morrem_de_Pe

31 de julho de 2016 | Porto vai ser o palco do lançamento mundial do novo livro de Harry Potter

Harry Potter and the Cursed Child – Parts I & II” vai ser apresentado na Livraria Lello, o local que inspirou J.K. Rowling enquanto escrevia as histórias dos jovens feiticeiros

Tudo vai acontecer no dia 31 de Julho, a mesma data de aniversário da escritora. A Livraria abrirá excepcionalmente as portas à meia-noite, de 30 para 31 de Julho.

comunidade harry porto

 

O lançamento mundial do novo livro terá no entanto uma festa antecipada, por volta as 22horas do dia 30, com várias personagens da saga, com poções mágicas e muitas outras surpresas a animar os novos e velhos potterheads que estiverem na fila.

Harry Potter and the Cursed Child – Parts I & II” foi escrito por Jack Thorne e baseia-se na história original de J.K. Rowling e John Tiffany.The Cursed Child” segue Harry Potter dezanove anos depois de “Deathly Hallows” e mostra como cresceu o seu filho mais novo, Albus Severus Potter.

Recentemente ficámos também a saber que a Warner registou marca e garantiu direitos sobre a história de ‘Harry Potter and the Cursed Child’, será que vem aí um outro filme, inspirado neste livro?

Lendo! | Ebook | Mais diários de uma sala de aula

EBOOK_NARRATIVAS

mais-diarios-de-uma-sala-de-aula

Blogoteca Coimbra Sul |100,332 visitas!

Foi no dia 14 de setembro de 2009 que esta aventura em torno da(s) leitura(s) na blogosfera se iniciou.

Ultrapassámos as 100 000 visitas (100,332 visitas – hoje) durante o 3.º Período deste ano letivo e isso foi possível graças aos seus leitores e utilizadores  a quem a Biblioteca Escolar muito agradece!

Continuem a visitar a Blogoteca Coimbra Sul que, mesmo durante as férias, continuará por aqui… com novas leituras!

 

O primeiro post:

O blogue da nossa Biblioteca Escolar começa hoje!picasso_meninas_ler

“Leio para aumentar o meu coração.”
José Ortega y Gasset (Madrid, 1833 – Madrid, 1955)

Vamos apresentar sugestões de livros e escritores, divulgar as actividades dinamizadas pela BE, apoiar as actividades escolares através de um conjunto de hiperligações ordenado por assuntos.

Este espaço conta com a participação de todos os seus Leitores e Utilizadores para uma partilha de leituras e saberes!

A Equipa da BE deseja a todos um óptimo ano escolar!

25 de maio de 2016 | Apresentação do Livro “O lobinho” de José António Franco

25_MAIO_2016_CARTAZ

30 anos | respirar poesia

No próximo dia 25 de maio, realizar-se-á, na Biblioteca da Escola Dr.ª Maria Alice Gouveia — Agrupamento de Escolas Coimbra Sul —, pelas 10:30h, a apresentação do novo livro de José António Franco, O Lobinho, publicado pela Editora e Livraria Lápis de Memórias.

     Este arquiteto das palavras, publicou a sua primeira obra, em 1986, “Véspera tardia”, sob o pseudónimo de António Simões, Este ano completam-se 30 anos  sobre essa publicação com “O lobinho”!

Num primeiro relance, poderia ser considerada uma história para crianças, mas, na verdade,  ultrapassa esse estereotipo, pois valores como a família, a amizade e a solidariedade estão plasmados numa obra que apresenta um universo rico em afetos. E é sobretudo a gratidão, o reconhecimento do bem que gera outro bem, que prevalece.

JOSÉ ANTÓNIO FRANCO, licenciado em Filologia Germânica, professor, poeta e ficcionista, divulgador de poesia e dinamizador de oficinas de escrita, tem-se dedicado à didática da poesia, trabalhando essencialmente com crianças do Ensino Básico e realizando conferências e ações de formação para professores, educadores e bibliotecários. Criador e dinamizador do Torneio Ortográfico entre várias escolas da cidade de Coimbra, com várias edições, é igualmente elemento da Cooperativa de Produções Teatrais e Realizações Culturais BONIFRATES com intervenção nas atuações dos Jograis desta companhia.

Num trabalho conjunto entre professores e alunos do 6º ano (turmas A, B e C) da Escola Dr.ª Maria Alice Gouveia, o público poderá assistir à leitura expressiva de alguns excertos da obra, de poemas (da autoria do escritor e de alunos), a uma pequena dramatização, entre outros agradáveis momentos. Autor e crianças saborearão e brincarão com as palavras, num jogo em que os olhos sentirão e o coração verá. O escritor promete terminar a sessão numa conversa informal, respondendo à curiosidade e irreverência da pequenada a que se seguirá uma sessão de autógrafos.

Lendo!

Richard GautierLa lecture

Richard GautierLa lecture

27 de abril de 2016 | Encontro com a escritora Maria João Lopo de Carvalho

27_abril_2016_cartaz_MJLOPODECARVALHO

No próximo dia 27 de abril de 2016, vai realizar-se um Encontro com a escritora Maria João Lopo de Carvalho, na BE da EB 2,3 Dr.ª Maria Alice Gouveia, dirigido aos alunos dos 5.º A, 6.º B,  6.º C e 6.ºG, resultante do trabalho articulado com a disciplina de Português.

Esta escritora e comunicadora ímpar é autora de livros para um público adulto, nomeadamente com os dois romances históricos intitulados “Padeira de Aljubarrota” e “Marquesa de Alorna”, mas igualmente com publicações para a infância e juventude, nomeadamente “A minha Mãe é a Melhor do Mundo”, as coleções “Hora H”, “As Cinco Quinas” e “Os sete irmãos”. Alguns deles estão integrados no Plano Nacional de Leitura. Maria João Lopo de Carvalho tem contribuído para promover o gosto pela leitura junto do público infantil e juvenil através do caráter realista das suas obras, onde facilmente encontramos uma personagem com a qual nos identificamos !

Vamos conhecer e revisitar a coleção “7 irmãos”? E conhecer o conto “A minha Mãe é a Melhor do mundo!”

À tarde, o encontro com esta escritora será no Centro Escolar Quinta das Flores e terá o seu início às 14:00!

No final de cada encontro haverá uma sessão de autógrafos!

Esta iniciativa é promovida pelos CTT Correios de Portugal (Vale das Flores). 

Os nossos escritores do 6.ºB!

Se eu fosse um peluche

Se eu fosse um peluche
Seria fofinho
E iria prender pesadelos.

Voaria pelos sonhos
E pelo espaço infinito,
Enfrentaria contos medonhos
Sempre como um perito.

Libertaria sonhos
Libertaria bondade.

Na loja ganhei idade
Mas a fábrica de peluches
Será para sempre a minha maternidade.

Sofia Marques, nº 20
Gonçalo Borges, nº 11
João Sampaio, nº 13
Filipe Marques, nº 6

Se eu fosse uma chita

Se eu fosse uma chita
Seria muito veloz
E iria a correr até Badajoz

Não ficaria por aqui
Havia muito a explorar
Porque os quatro cantos do mundo
Eu iria visitar

Depois de tantas aventuras
Os meus olhos seriam a Terra

Às vezes penso no que fiz
Às vezes penso se seria tudo em vão
Mas estas “memórias” ficaram-me no coração

Jéssica Terroso, nº12
Manuel Nunes, nº15
Miguel Gomes, nNº16
Nicole Marcelino, nº18

A estrela sonhadora

Se eu fosse uma estrela
Seria bastante reluzente
E iria ser independente

Iria à lua
Para resgatar os refugiados
Que viviam sem amor
Que viviam sem cuidados

Seria um farol iluminado
No céu estrelado

Se eu fosse uma estrela
Seria assim
Com os meus pós de perlimpimpim

Beatriz Martins, nº3
Ana Almeida, nº2
Francisca Semedo, nº7
Francisco Costa, nº8
Gonçalo Carvalho, nº9
Se eu fosse uma caneta

Se eu fosse uma caneta
Seria de cor preta
E iria escrever histórias

Desenharia o nosso planeta
Para depois criar memórias

A primeira cidade onde eu iria
Era Paris
Muitos amigos conheceria
E assim tornava-me feliz

Se eu fosse uma caneta
Seria a tinta dos livros
E pintaria uma borboleta

Afonso Vaz, nº1
Beatriz Cunha, nº4
Gonçalo Ribeiro, nº10
Lucas Lopes, nº14
Miguel Góis, nº17

2.º Período | Boletim da Biblioteca Escolar

Boas leituras!

 

Boletim BE: 2.º Período. Biblioteca Escolar. Agrupamento de Escolas Coimbra Sul

%d bloggers like this: